Comentários

O Rotten Tomatoes obteve algumas críticas recentemente pela maneira com que lidou com o embargo de Liga da Justiça, e um escritor da Marvel acha que elas são justas.

Co-roteirista de Doutor Estranho, C. Robert Cargill recentemente escreveu um artigo para o IndieWire no qual argumenta contra a decisão do agregador de reter as críticas de Liga da Justiça. Como se sabe, as notas foram mantidas em segredo para que fossem reveladas em um programa on-line do site, o See It/Skip It.

“O que me assustou, francamente, é que todas as críticas estavam sendo seguradas pelo site. Em uma época em que o Rotten Tomatoes se tornou um popular agregador, muito poderoso e comumente usado através de pesquisas do Google, os sites dependem de grandes sucessos como Liga da Justiça para direcionar o tráfego às suas críticas e fazer com que descubram seus escritores. Eu mesmo o uso todas as semanas para examinar e ler várias opiniões positivas e negativas, geralmente de críticos nos quais confio. Só que esta semana, poucas horas antes da primeira exibição, eles não estavam lá. No que diz respeito ao Rotten Tomatoes, não havia nenhuma resenha lá, independente de centenas delas terem sido postadas on-line.”

Cargill esclarece que não se trata de uma briga entre Marvel e DC, pois ele acredita que os fãs responderão bem ao longa.

“Quero que Liga da Justiça seja bom e tenha sucesso? Não, quero que  me deixe no chão e que faça caminhões de dinheiro, assim como Mulher-Maravilha. Porque quero continuar assistindo (e, quem sabe, fazer) muitos outros filmes de quadrinhos.”

Estranhamente, porém, o “embargo extra” estipulado pelo Rotten Tomatoes acabou não sendo exatamente algo ruim para Liga da Justiça, de certa forma, pois o que estava por vir não era muito positivo, o que Cargill pensa que pode ser um problema maior da indústria cinematográfica.

“Estou na indústria de cinema e de jornalismo há vinte anos e já vi coisas obscenas nos bastidores de ambas. Então, quando algo assim acontece, muitas vezes eu me arrepio. A única maneira de um agregador como este funcionar é sendo imparcial e o Rotten Tomatoes não é mais uma ferramenta bonitinha. É uma força orientadora na indústria. Tem muito poder. E se os quadrinhos nos ensinaram uma coisa, é isto: com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades. E, como crítico de cinema, cineasta e, especialmente, como um amante de filmes, quero ver este poder sendo exercido corretamente, e de forma imparcial.”

Seguido da morte de Superman (Henry Cavill) pelas mãos do Apocalypse em Batman vs Superman, Batman (Ben Affleck) reavalia seus métodos extremos e inicia a busca por outros heróis para formar uma equipe que será responsável pela defesa da Terra. Ao lado da Mulher-Maravilha (Gal Gadot), Batman recruta Victor Stone (Ray Fisher), o Ciborgue, o velocista Flash (Ezra Miller), e Aquaman (Jason Momoa), o Rei de Atlântida. Eles terão de enfrentar o Lobo da Estepe (Ciaran Hinds), um guerreiro e segundo em comando do exército de Darkseid. Sua missão é recuperar as três Caixas Maternas escondidas na Terra.

Liga da Justiça tem direção de Zack Snyder e já está em cartaz nos cinemas brasileiros. O elenco tem Henry Cavill como SupermanBen Affleck como BatmanGal Gadot como Mulher-MaravilhaEzra Miller como FlashJason Momoa como Aquaman, Ray Fisher como Cyborg,  Amber Heard como Mera Ciaran Hinds como Lobo da Estepe.



Comentários