Comentários

Com filmes e séries de heróis aparecendo por todos os lados, muitos esquecem da fonte original: os Quadrinhos. Antes de serem grandes sucessos de bilheteria, os heróis também foram grandes sucessos de vendas em bancas, lojas e livrarias nos EUA.


Antes de continuar: Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba ofertas diárias de Quadrinhos com desconto. Para participar, basta clicar aqui!


Abaixo, você pode conferir a lista com os 10 quadrinhos mais vendidos de todos os tempos:


10 – Action Comics #1000 (2018)

Cópias Vendidas: 504.200

O décimo lugar pertence à HQ que comemorou os 80 anos do Azulão, o primeiro Super-Herói. A DC Comics publicou uma edição de 80 páginas com 11 capas diferentes e que tentou representar todos os anos de aventuras do personagem.

O Superman ganhou até o seu uniforme clássico de volta, algo que é explicado na história (clique aqui e saiba mais), depois de 7 anos sem cueca por cima da calça. A HQ também marca a estreia de Brian Michael Bendis com o personagem.

Compre a edição deluxe, clicando aqui!


9 – Detective Comics #1000 (2019)

Cópias vendidas: 526.941

Batman também ganhou uma edição para comemorar seus 80 anos. Assim como a edição do Superman, também temos uma HQ com 80 páginas, formato big e uma bela lista de artistas. Mas podemos ter certeza que o Batman superou o Superman em vendas por causa de sua principal arma: a sua gigante popularidade.


8 – Amazing Spider-Man #583 (2009)

Cópias Vendidas: 530.500

Por falar em popularidade, a Marvel abusou de dois grandes ícones pop em uma só capa: a edição escrita por Mark Waid e com arte de Barry Kitson trouxe a participação de Barack Obama, o quadragésimo quarto presidente dos Estados Unidos.

A história não foi apenas sucesso de vendas, como também de mídia, já que virou notícia nos maiores e principais jornais do mundo.


7 – Secret Wars #1 (2015)

Cópias Vendidas: 550.500

Herdando o nome de um dos mais famosos crossovers dos quadrinhos da década de 80, a edição trouxe a destruição do Multiverso da Marvel em um planeta chamado Battleworld – várias terras paralelas e histórias famosas foram adicionadas. A incursão acabou trazendo Miles Morales para o mesmo universo do Peter Parker que todos amamos.

Compre a edição brasileira, clicando aqui!


6 – Amazing Spider-Man #1 (2014)

Cópias Vendidas: 559.200

Pela primeira vez em 2 anos, Peter Parker reganha o controle de seu corpo após ser dominado por Otto Octavius (o Dr. Octopus). Esta é a terceira publicação de Amazing Spider-Man com a numeração #1. O retorno do herói foi comemorado pelos fãs e tudo isso contribuiu para o belo resultado de vendas.


5 – Ultimate Spider-Man #1 (2002)

Cópias Vendidas: 631,990

Com a proposta de conseguir novos leitores, a Marvel criou o selo Ultimate, que tentava modernizar as histórias de seus personagens e começar tudo do zero, para evitar a carga de anos de cronologia.

Brian Michael Bendis foi o responsável por cuidar do Homem-Aranha. Porém, a edição mais vendida foi o relançamento desta história, que aconteceu em 2002 no Free Comic Book Day.

Confira o guia do Homem-Aranha, clicando aqui!


4 – Batman: The 10-Cent Adventure (2002)

Cópias Vendidas: 702,126

Sim, com o valor histórico de 10 centavos (que era o preço dos quadrinhos na era de ouro), a DC conseguiu emplacar um grande sucesso.

A 10-cent Adventure trazia as histórias: Bruce Wayne: Murderer? e Bruce Wayne: Fugitive, terminando com um belo cliffhanger. A história foi sucesso de vendas e crítica, mas com certeza o valor de 10 centavos foi o principal ponto.

Confira o guia do Batman, clicando aqui!


3 – Fantastic Four #60 (2002)

Cópias Vendidas: 752,699

Seguindo a mesma ideia, a Marvel lançou uma história da sua primeira família de super-heróis por apenas 9 centavos (6 meses depois da DC). A HQ também trazia na capa a frase: ‘A HQ mais barata do mundo’.

A edição não era a primeira da série, mas era o começo da run de Mark Waid com o título e representava uma nova fase da franquia.

Confira o guia completo de Quarteto Fantástico, clicando aqui!


2 – Star Wars #1 (2015)

Cópias Vendidas: 1.073.000

Sim, finalmente chegamos na casa do milhão. Com todo o hype em cima de ‘O Despertar da Força’, a Marvel conseguiu vender muito gibi graças à notícia de que tudo que tinha sido publicado antes estaria fora do novo cânone de Star Wars, abrindo espaços e lacunas para criar diversas histórias.

A primeira edição tinha nada mais e nada menos do que 100 diferentes capas variantes para colecionar, algo que gerou uma procura louca dos fãs (e provavelmente seja um dos fatores responsáveis pelo número absurdo de vendas). Dificilmente, Star Wars será batido por uma nova HQ por muitos anos.

Confira o guia do novo cânone de Star Wars, clicando aqui!


1 – X-Men #1 (1991)

Cópias vendidas: 8,186,500

Finalmente chegamos ao ouro. Por incrível que pareça, a grande campeã vem dos anos 90 e vendeu um número tão grande que é possível dizer que não há possibilidade de ser destronada em um futuro próximo (eu arriscaria dizer que não será mais destronada, mas nunca se sabe até onde vai a humanidade).

E qual o motivo de tantas vendas? Em resumo seria a pura especulação: como sabemos, nos EUA há uma bela tradição de colecionar quadrinhos. Títulos que traziam a primeira aparição do Homem-Aranha ou Superman ganharam valores astronômicos e rolaram notícias de vendas milionárias. Assim, quando foi anunciada uma nova era, uma nova edição #1 com novos trajes, 5 capas variantes (que formavam um mural) e várias outras novidades, a galera caiu em cima.

Até hoje, considera-se como o ápice do colecionismo de quadrinhos nos Estados Unidos.

Confira um guia de leitura dos X-Men, clicando aqui!



Comentários