Comentários

Depois de 10 anos de um incrível sucesso de críticas e público do Universo Cinematográfico Marvel, ninguém duvida da incrível capacidade criativa de seu presidente, Kevin Feige.

No entanto, parece que, quando feito, o acordo para ter o Homem-Aranha no MCU atrapalhou de certa forma parte do planejamento pré estabelecido.

De acordo com um relatório recente da Vanity Fair, a insistência da Sony em um filme do Homem-Aranha para 2019 complicou o roteiro da Marvel para Ultimato e suas tentativas de manter alguns grandes segredos.

A Marvel Studios queria manter secretis todos os planos para o longa, considerando que muitos super-heróis importantes, incluindo o Homem-Aranha, foram mortos por Thanos no final de Guerra Infinita.

O impacto, no entanto, acabou sendo um pouco menor com o conhecimento de que Homem-Aranha: Longe de Casa já estava programado para estrear nos cinemas em 2019, e com isso o público teve certeza de que a morte do herói não era definitiva.

A culminação de 22 filmes interconectados, a quarta produção da saga Vingadores convidará o público para testemunhar o ponto de virada desta jornada épica. Nossos amados heróis entenderão verdadeiramente o quão frágil é essa realidade e o sacrifício que precisa ser feito para sustentá-la.

Vingadores: Ultimato será a conclusão dos 10 anos de narrativa do Universo Cinematográfico Marvel, dando continuidade aos eventos vistos em “Guerra Infinita”. O filme conta novamente com direção dos irmãos Anthony e Joe Russo, e chega aos cinemas em 25 de abril de 2019.



Comentários