Comentários

Em 2015, a Marvel Studios declarou sua independência ao conseguir que Bob Iger, CEO da Disney, permitisse que a empresa saísse do controle da Marvel Entertainment, liderada por Ike Perlmutter. Kevin Feige comenta o caso:

‘Tem muitos lados dessa história. Você pode pegar o livro de Bob Iger e entender um pouco mais sobre isso, mas fez sentido na época. Teve parte da resistência de diversificar os personagens. Nós fizemos mais de 10 filmes que foram bem, mas existia outra maneira para isso. Mas eu diria que pessoalmente, um momento importante foi quando Bob Iger contratou Alan Horn, pois Horn é um tremendo líder e um grande mentor’

A partir daquele momento, Kevin Feige se tornou presidente da Marvel Studios.



Comentários