Comentários

Em The Witcher, série da Netflix baseada nos livros do polonês Andrzej Sapkopwski, somos apresentado ao protagonista Geralt de Rívia, cuja profissão é a de um “Witcher” (como o título já aponta).

Mas afinal, o que exatamente é um Witcher e por que essa Ordem existe? Como se tornam mutantes caçadores de monstros? Onde é o seu lar? É o que vamos destrinchar agora.


A Ordem

A primeira temporada da série da Netflix não mergulha profundamente no motivo de não existirem muitos Witchers no mundo, mas há uma boa razão para isso: a prática de fazê-los é brutal e desumana, e eles são hostilizados como criaturas mutantes pela humanidade. A Ordem dos Witchers foi fundada no século 10 por reis e magos para criar cavaleiros mágicos que ajudariam a exterminar monstros. A Ordem não durou muito, pois os magos ficaram desapontados com as mutações e os bruxos foram deixados à sua própria sorte pelos poucos que apoiavam seu aperfeiçoamento e criação. Eventualmente, isso os levou a se separar e formar escolas de Witchers diferentes, cada uma tentando fornecer mais treinamento profissional para matar monstros.

As escolas criaram e treinaram novos Witchers usando a Prova das Gramíneas, que mata 7 em cada 10 meninos sujeitos a elas. Aqueles que sobrevivem se transformam em versões mais poderosas de humanos, mas com emoções atrofiadas. A maioria das escolas de Witchers já não existe mais na linha do tempo em que The Witcher se passa. Geralt é da Escola do Lobo, que foi uma das escolas de maior duração, localizada nas montanhas de Kaer Morhen. Outras escolas famosas incluem a Escola do Urso, a Escola da Víbora, que treinou Letho de Gulet nos games, e a Escola do Gato, conhecida por seu foco na agilidade.


Os Poderes: Magia e Mutações

Os poderes de um Witcher se originam principalmente de suas mutações, como demonstrado durante a primeira temporada de The Witcher da Netflix, onde Geralt frequentemente escapa dos danos usando quantidades desumanas de agilidade, força e astúcia. Os Witchers têm olhos dourados de gato que lhes dão visão noturna, preferível para caçar monstros; além de todo o seu sistema sensorial ter sido aprimorado, permitindo que eles identifiquem espécies pelo cheiro do sangue ou detectem inimigos próximos sem realmente vê-los.

Os Witchers também aumentam a força, os reflexos, a resistência e a velocidade, permitindo que eles resistam a golpes que acabariam com homens normais instantaneamente, e podem matar monstros em lutas individuais. Eles também têm uma expectativa de vida incrivelmente longa, vivem séculos e só aparecem na meia-idade se tiverem a sorte de sobreviver por tanto tempo em sua profissão.



Comentários