Comentários

A Sony confirmou que não considera mais o negócio de portáteis. Isso significa que não deveremos esperar um sucessor para o PS Vita tão cedo.

O presidente da Sony, Jim Ryan, falou com o Game Informer sobre os 25 anos da marca e disse o seguinte:

‘O PS Vita foi brilhante em várias maneiras, a experiência de jogo foi ótima, mas claramente não é um negócio que estamos investindo. Agora que não trabalhamos mais em cima disso, eu posso dizer que o pensamento era: esta é uma grande máquina. É apenas tarde demais. O mundo se voltou para portáteis que não são máquinas de jogo dedicadas.’

A Sony está focada no desenvolvimento do PS5, que será lançado no final de 2020.



Comentários