Comentários

Em The Witcher, percebemos que Henry Cavill criou uma voz e um sotaque bastante peculiares para seu personagem, o bruxo Geralt de Rivia. Mas ao contrário do que os fãs dos games podem pensar, ele não estava tentando emular a voz característica que Doug Cockle deu ao personagem nos jogos da CD Projekt Red.

“Em termos de mitologia, há muitas mudanças nos livros. E há muito que pode ser feito. Para mim, como artista, meu trabalho era fazer minha performance e todos os outros podiam focar nas suas, separadamente. Sim, nos livros há um ‘sotaque riviano’.”

Explicou o ator ao The Wrap.

“Então, não se tratava de dar a Geralt um sotaque específico diferente de todos os outros, porque isso seria impossível. Então, para mim, tratava-se de trazer uma voz para Geralt, que expressasse a essência de quem ele é nos livros.”

The Witcher gira em torno do bruxo Geralt (Henry Cavill), um caçador de monstros que se livra de enormes pestes por um bom dinheiro. Mutante, ele luta para encontrar seu lugar em um mundo no qual as pessoas frequentemente se mostram mais cruéis do que as criaturas que ele enfrenta.

A primeira temporada já está disponível na Netflix.



Comentários