Comentários

O diretor Lars Klevberg confirmou em uma publicação no Instagram que dispensou computação gráfica em praticamente todas as cenas envolvendo Chucky no reboot de “Brinquedo Assassino“, na tentativa de se aproximar da produção clássica.

 

“Diria que aproximadamente 80% das cenas de Chucky foram feitas com animatrônicos.”

Declarou.

O filme chega aos cinemas em 21 de junho trazendo a macabra história do boneco Chucky para a nova geração.

A trama segue Karen (Aubrey Plaza) e Andy Barclay (Gabriel Bateman), mãe e filho que são aterrorizados pelo novo boneco “BUDDI” de Andy. Em vez de ser possuído pelo espírito de um assassino, esta versão do boneco será um modelo defeituoso, cujo código de programação foi hackeado para aumentar suas tendências violentas.



Comentários