Comentários

Muito bem-recebida por crítica e público, a nova versão de “Cemitério Maldito” conta com um final sombrio. Ao contrário do que acontece no original, desta vez, a família inteira se manterá unida, mas através da morte.

Na última cena, temos o caçula Gage observando com inocência seus pais se aproximando – já mortos e com personalidades bem diferentes das que possuíam em vida. Quando a tela fica preta, fica claro que seu destino será igual ao de seus pais e irmã.

O mais interessante é que, esse não era o final desejado pelos diretores. Em um relatório do Collider, Kevin Kolsch e Dennis Widmyer revelaram a versão que seria a “oficial”.

 

Com orçamento estimado em US$ 20 milhões, a nova adaptação da obra deStephen King arrecadou US$ 110 milhões ao redor do mundo.

Uma família se muda para uma nova casa, localizada nos arredores de um antigo cemitério amaldiçoado, usado para enterrar animais de estimação, mas que já foi usado para sepultamento de indígenas. Algumas coisas estranhas começam a acontecer, transformando a vida cotidiana dos moradores em um pesadelo.

O filme é baseado na obra de Stephen King lançada em 1983, cuja já foi adaptada para os cinemas uma vez em 1989 com direção de Mary Lambert.

Cemitério Maldito chega às lojas nos formatos de DVD e Blu-ray em 09 de julho, e teve direção de Kevin Kolsch e Dennis Widmyer.

O elenco trouxe Jason Clarke, John Lithgow e Amy Seimetz.



Comentários