Comentários

Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível, filme para a família que mistura CGI e live-action estrelado por Ewan McGregor, foi banido pelas autoridades cinematográficas da China e não será distribuído no país, de acordo com o Hollywood Reporter.

A razão aparentemente está ligada à repressão chinesa às imagens do Ursinho Pooh. No ano passado, autoridades chinesas começaram a bloquear fotos do carinhoso personagem nas redes sociais, uma vez que se tornou um símbolo da resistência na China comandada pelos inimigos do Partido Comunista, o líder chinês Xi Jinping.

Internautas e opositores têm feito comparações entre Xi e Pooh nas redes sociais desde o começo de 2017, o que claramente não deixou o político satisfeito. A China até mesmo bloqueou a HBO após uma piada do apresentador John Oliver, em que zomba da sensibilidade de Jinping ao ter suas características físicas comparadas ao famoso ursinho.

Por outro lado, também se especula que a China tenha evitado exibir o longa para dar mais espaço às suas produções domésticas, que ganham cada vez mais espaço por lá. Filmes hollywoodianos podem estar perdendo os holofotes por lá. 

“Christopher Robin já não é mais aquele jovem garoto que adorava embarcar em aventuras ao lado de Ursinho Pooh e outros adoráveis animais no Bosque dos Cem Acres. Agora um homem de negócios, ele cresceu e perdeu o rumo de sua vida, mas seus amigos de infância decidem embarcar no mundo real para ajudá-lo a se lembrar que aquele amável e divertido menino ainda existe em algum lugar.”

Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível” é dirigido por Marc Foster (Guerra Mundial Z), enquanto o roteiro fica por conta de Allison Schroeder, do recente Estrelas Além do Tempo.

A estreia acontece em 16 de agosto no Brasil.

O elenco é estrelado por Ewan McGregor e Hayley Atwell.



Comentários