Comentários

A semana está terminando, mas foi cheia de novidades para os colecionadores de quadrinhos. Afinal, a editora Pipoca e Nanquim acaba de anunciar mais um título e a Darkside trouxe seus primeiros quadrinhos para o mercado. Por fim, a Veneta apresentou um grande lançamento. Dá uma olhada:


Antes de continuar: Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba ofertas diárias de Quadrinhos com desconto. Para participar, basta clicar aqui!


A Vida Secreta de Londres

Este é um guia da capital inglesa em forma de ficção criado por alguns dos mais cultuados autores britânicos da atualidade. Entre eles, Alan Moore (autor de Watchmen e Do Inferno ), Neil Gaiman ( Sandman ), Dave McKean ( Asilo Arkham , Sandman ), Stewart Home ( Assalto à Cultura ), Woodrow Phoenix ( Autocracia ), Tony Grisoni (roteirista de filmes como Medo e Delírio em Las Vegas ) e Iain Sinclair, para muitos o mais importante escritor britânico contemporâneo.

Mais do que paisagem, Londres é também personagem nas 23 crônicas e histórias em quadrinhos que mostram o lado mais obscuro da cidade. Alan Moore, por exemplo, volta ao cenário do best seller Do Inferno para mostrar o pub que era frequentado pelas vítimas de Jack, o Estripador. E em “Highbury”, o autor explora o famoso cemitério Highgate, onde está enterrado Karl Marx, e as vizinhanças, por onde passaram gangsters, dois irmãos siameses, uma cantora escandalosa, Ivanhoé e o mago Aleister Crowley.

Já Neil Gaiman apresenta dois personagens sinistros, Smith e o Sr. Alice (que depois irão reaparecer em outras de suas obras), em uma investigação sobre os prazeres secretos que só são permitidos aos mais ricos moradores da cidade.

Uma apaixonada homenagem a uma das mais pulsantes capitais do planeta, A Vida Secreta de Londres é um livro obrigatório para quem quer entender o pensamento por trás da chamada invasão britânica dos quadrinhos, para os interessados na nova literatura inglesa e para aqueles que não temem conhecer o lado mais obscuro da capital britânica.

Capa comum: 176 páginas
Editora: Veneta; Edição: 1ª (22 de junho de 2017)
Preço de capa: R$ 69,90 – Compre com desconto, clicando aqui.


Fragmentos do Horror

Mestre do terror em quadrinhos, Junji Ito combina o surrealismo e o escatológico em suas histórias. O resultado é sempre bizarro, mas ainda assim — ou quem sabe até por isso mesmo — belo. Se você tem coragem (e estômago), não pode perder Fragmentos do Horror, primeiro livro de mangá publicado pela DarkSide Books. Fragmentos do Horror é uma coleção de histórias curtas, perfeitas para quem quer experimentar o que essa mente tão delirante é capaz de produzir. Itosan oferece ao leitor nove encontros com o desconhecido. Cada quadrinho pode ser fatal, cuidado! Entre as histórias da coletânea, temos uma mansão velha de madeira que gira sobre seus habitantes. Uma turma de dissecação com um assunto nada comum. Um funeral em que os mortos definitivamente não são postos para descansar. Variando do aterrorizante ao cômico, do erótico para o repugnante, essas histórias apresentam o retorno de Junji Ito há muito aguardado para o mundo do horror. Fragmentos do Horror faz parte da nova coleção DarkSide Graphic Novel Tokyo Terror e, como todos os títulos da Caveirinha, vem numa caprichosa edição em capa dura. A tradução foi feita diretamente do japonês e a publicação segue a orientação original, da direita para a esquerda — como tem que ser.

Capa dura: 224 páginas
Editora: DarkSide (26 de julho de 2017)
Preço de capa: R$ 54,90 – Compre com desconto, clicando aqui!


Wytches

Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre bruxas; quase todas as informações devem estar erradas, de qualquer forma. Aquilo que você aprendeu na escola — que, por séculos, centenas de pessoas foram queimadas, torturadas, perseguidas e assassinadas por bruxaria — é um fato. O que ninguém contou para você é que essas pessoas morreram para proteger uma terrível realidade escondida dos meros mortais: bruxas, bruxas de verdade, existem e estão por aí. Elas são criaturas muito mais perversas e diabólicas do que você poderia pensar — e, portanto, muito mais assustadoras. Ver uma é coisa rara; sobreviver a elas é mais raro ainda. É por isso que quando a família Rook se muda para Litchfield, uma remota cidadezinha de New Hampshire, tentando escapar de uma experiência horrível ao recomeçar do zero, eles não entendem que algo sinistro vive nas florestas ao redor da cidade. Algo que os observa, esperando apenas por uma oportunidade. Algo muito antigo… e voraz. Você até pode conseguir feitiços e milagres delas, mas, para isso, vai precisar pagar o preço. Pai e filha vão descobrir que recomeçar pode ser bem mais difícil quando há uma conspiração secular que envolve a sua família em curso. Com reviravoltas chocantes e uma arte de arregalar os olhos, capaz de combinar medo e beleza, esta é uma obra sobre bruxas que deve ser levada a sério. Scott Snyder já provou suas habilidades como roteirista durante seu tempo escrevendo as hqs do Batman, uma das fases do herói mais aclamadas pela crítica e pelo público nos últimos tempos. Para esta série, ele chama o desenhista Jock, que além de também ter trabalhado em Batman, fez artes conceituais para Star Wars — Os Últimos Jedi e o filme ganhador do Oscar Ex_Machina: Instinto Artificial.

Capa dura: 192 páginas
Editora: DarkSide (26 de julho de 2017)
Preço de capa: R$ 59,90 – Compre com desconto, clicando aqui!


Meu Amigo Dahmer

Será possível identificar os traços de personalidade de um assassino antes mesmo que ele comece a matar? Imagine descobrir que um amigo seu de escola acabou se transformando num dos mais temidos serial killers do século? Essa é a história real que o quadrinista Derf Backderf relata na graphic novel Meu Amigo Dahmer. Meu Amigo Dahmer traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete. Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio. Além de remexer nos seus velhos cadernos e álbuns de fotografia, Derf consultou seus amigos de adolescência, antigos professores, os arquivos do fbi e a cobertura da mídia após a descoberta de seus crimes antes de roteirizar Meu Amigo Dahmer. Muitos tinham histórias do garoto que costumava fingir surtos epilépticos, que exagerava na bebida antes mesmo de ir para a aula e que parecia ter uma fixação em dissecar os animais atropelados que encontrava perto de casa. Mas quem realmente poderia prever os caminhos sombrios pelos quais ele seguiria? Seria possível evitar tamanha tragédia? Meu Amigo Dahmer, a história (em quadrinhos) antes da história, foi premiada no Festival de Angoulême, França, em 2014, e incluída pela revista Time como um dos cinco melhores livros de não ficção de 2012. A primeira HQ da coleção Crime Scene inaugura a publicação de histórias em quadrinhos, graphic novels e mangás pela DarkSide Graphic Novel.

Capa dura: 288 páginas
Editora: DarkSide (28 de junho de 2017)
Preço de capa: R$ 59,90 – Pré-venda, com desconto, aqui!


Cannon

007? Bourne? Ethan Hunt? Archer? Não! Não mesmo. Cannon é o maioral! A Guerra Fria se aquece numa explosão de sexo e violência! John Cannon, programado para ser o soldado perfeito, é um herói norte-americano que faz James Bond e Jason Bourne parecerem dois molengas! Em suas diversas missões, Cannon se depara com torturas sexuais, tiroteios, explosões, brigas por ciúmes, cirurgias plásticas de improviso, Hitler, sexo casual, bombas nucleares, mulheres peladas, ataques aéreos e mais mulheres peladas! O lendário Wallace Wood não fez nenhuma concessão nestas histórias produzidas exclusivamente para homens fardados e entregou um de seus quadrinhos mais legítimos. Dá para sentir o cheiro de pólvora e testosterona em cada página enquanto o espião destrói os inimigos dos Estados Unidos e luta pela democracia no mundo! Este volume de 276 páginas compila todas as edições de Overseas Weekly na íntegra, publicadas de 1970 a 1973!

Capa dura: 276 páginas
Editora: Pipoca e Nanquim; Edição: 1ª (27 de junho de 2017)
Preço de capa: R$ 99,90 – Pré-venda com desconto, clicando aqui!



Comentários