Comentários

Como bem sabemos, o ator David Harbour (Stranger Things, Hellboy) estará no filme solo da Viúva Negra, no papel do personagem conhecido nos quadrinhos como Guardião Vermelho.

Mas quem exatamente é o Guardião Vermelho? Por que ele é importante para a história de Natasha Romanoff e, mais importante ainda, o que sua introdução significa para o MCU?

É o que vamos descobrir agora.

Conheça Alexei Shoskatov

Originalmente introduzido no início dos anos 1960, o segundo Guardião Vermelho, conhecido em sua vida civil como Alexei Shoskatov, foi, sem surpresa, um produto bastante estereotipado da era da Guerra Fria nos quadrinhos de super-heróis. A Marvel, especificamente, dependia fortemente dos eventos atuais para trazer um senso de realismo às suas histórias; portanto, os temas que giravam em torno de uma ameaça russa exageradamente caricaturada ao American Way eram mais do que comuns, eram itens básicos da Marvel – especialmente onde Natasha, a própria femme fatale russa dos Vingadores, estava envolvida.

Mas, naturalmente, os quadrinhos precisavam mais do que apenas histórias no estilo espião contra espião, especialmente quando envolviam super-heróis. Então essas histórias eram frequentemente recheadas de elementos melodramáticos. A primeira aparição de Alexei vem com uma verdadeira bomba: ele é o marido de Natasha, desaparecido há muito tempo.

Claro, é importante lembrar que, na década de 1960, praticamente tudo sobre Natasha, desde sua história de origem até seu design, seria basicamente irreconhecível para os fãs modernos. Isso foi antes da introdução do conceito da Sala Vermelha e a ideia de que Natasha era muito mais do que uma simples espiã russa, e na verdade trabalhava duplamente para a SHIELD.

Aproveitando o pouco backstory que Natasha tinha naqueles dias como uma estrutura muito flexível, foi explicado que Alexei era um famoso herói soviético da Segunda Guerra Mundial que se casou com ela durante sua muito bem-sucedida carreira de balé na URSS. No entanto, pouco depois do casamento, e quando a Guerra Fria começou a rolar a sério, a KGB decidiu que as habilidades de Alexei como soldado eram úteis demais para serem desperdiçadas. Ele foi então enviado em uma missão onde foi forçado a fingir sua própria morte e romper todo contato com sua vida privada, para que pudesse se dedicar a se tornar um símbolo do poder e da prosperidade soviéticas como Guardião Vermelho, semelhante à maneira como o Capitão América funcionava como um símbolo para os EUA.

Naturalmente, Natasha ficou perturbada ao saber que seu marido havia “morrido” e, nesta versão inicial de sua origem, seu luto foi o que a inspirou a se juntar à KGB também, treinando como espiã – e foi assim que ela se tornou a Viúva Negra.

Os primeiros dias de Alexei na Marvel duraram poucas edições, até ele ser derrotado pelo Capitão América e “morrer” sob um monte de lava derretida. Nos anos que se seguiram à sua morte, ele sempre foi sendo adequado ao sempre modificado backstory de Natasha, enquanto ela lamentava seu falecido marido. Apesar do fato de ele ter sido um vilão, ela ainda acreditava que ele era uma boa pessoa no fundo.

Ele voltou algumas vezes – como um zumbi (não pergunte) e como um Modelo de Vida Artificial da SHIELD, antes de ser oficialmente ressuscitado no início dos anos 2000. A essa altura, no entanto, a história e as circunstâncias de origem de Natasha haviam mudado drasticamente para algo que consideraríamos mais familiar; portanto, a história de um marido com uma falsa morte manipulada pela KGB não tinha conseguido chegar nas edições modernas.

Com os riscos emocionais de sua história significativamente rebaixados, Alexei foi rebaixado para um vilão de categoria D, assumindo o manto de Ronin por um tempo e agindo como um vilão esquecível para Natasha lutar de vez em quando. Mas como a Marvel não costuma ignorar o que aconteceu em suas histórias, ainda é cânone que os dois foram casados.

Então, ele é um super soldado?

É tentador, dadas as comparações com o Capitão América, supor que Alexei tenha sua própria versão imitadora do soro de super soldado que associamos a Steve Rogers – mas esse não é realmente o caso. A origem de Alexei ocorreu em uma era da Marvel, antes de Steve Rogers receber a história de fundo que agora consideramos onipresente com ele. Nos anos 60, Steve era apenas um cara comum que se fortalecia de maneira regular. Esse também foi o caso de Alexei – sem poderes, sem fator de cura, sem habilidades fora do que o Universo Marvel considerava “padrão” para super-heróis humanos.

O que Alexei tinha, no entanto, era sua própria resposta ao escudo do Capitão. Mais ou menos. Ele usava uma fivela de cinto circular magnetizada que podia jogar e que voltava para ele.

Sim, é sério. Essa era sua principal arma.

Outros personagens que adotaram o nome de Guardião Vermelho após Alexei ganharam armas menos ridículas, incluindo seus próprios escudos imitando o do Capitão América (geralmente vermelhos com uma estrela branca) e poderes que estavam mais alinhados com a encarnação moderna de Steve.

Como isso funcionará no MCU?

Essa é a verdadeira questão. É difícil, dado o quanto o MCU modificou e atualizou a história de Natasha, ver como uma relíquia de seu passado mais antigo dos quadrinhos se encaixará no quebra-cabeça. É improvável que os dois tenha sido casados, dada a maneira como o MCU estipula que Natasha foi treinada na Sala Vermelha desde seu nascimento. Porém, seu período entre a Sala Vermelha e a SHIELD permanece misterioso, e talvez tenha havido tempo para um breve caso em algum momento.

Já sobre os poderes do Guardião Vermelho no cinema, sabemos que no MCU organizações como a Hidra estavam definitivamente tentando duplicar o soro do super soldado durante a década de 1940, então é totalmente possível que a versão live-action de Alexei possa ter uma versão parecida com o que corre nas veias de Steve Rogers, pegando mais dos outros Guardiões Vermelhos na história da Marvel, do que do próprio Alexei. Isso certamente poderia tornar as coisas interessantes.

Artigo adaptado do Gamespot

Viúva Negra chega aos cinemas em 1º de maio de 2020 e conta com direção de Cate Shortland.

Além de Scarlett Johansson retornando no papel da heroína, o elenco também traz David Harbour (Stranger Things) como Guardião Vermelho, Rachel Weisz (O Legado Bourne) como Dama de Ferro, Ray Winstone (Os Infiltrados), O.T. Fagbenle (The Handmaid’s Tale) como Mason e Florence Pugh (Legítimo Rei) como Yelena Belova.



Comentários