Comentários

Todd Phillips marcou presença no Festival de Cinema de Toronto e concedeu uma rápida entrevista à Variety. O diretor comentou sobre sua abordagem em “Coringa“, e negou que as versões anteriores do vilão tenham gerado algum tipo de pressão.

Vale lembrar que Heath Ledger venceu um Oscar póstumo por sua atuação em “Batman: O Cavaleiro das Trevas“.

“Ah.. Não, realmente não. Eu amo as versões anteriores, incluindo Jared Leto e Jack Nicholson. E nós sabemos que ainda vão existir muitos outros no futuro.”

Um solitário no meio da multidão, Arthur Fleck busca conexão. No entanto, enquanto caminha pelas ruas de Gotham City e percorre os trilhos grafitados de transporte público de uma cidade hostil repleta de divisão e insatisfação, Arthur usa duas máscaras.

Uma delas, ele pinta para seu trabalho diário como palhaço. A outra ele nunca pode remover; é o disfarce que ele projeta em uma tentativa fútil de sentir que faz parte do mundo ao seu redor, e não o homem incompreendido que a vida está repetidamente derrotando.

Sem pai, Arthur tem uma mãe com saúde frágil, sem dúvida sua melhor amiga, que o apelidou de Feliz, um apelido que promove em Arthur um sorriso que esconde a dor no coração. Mas, quando intimidado por adolescentes nas ruas, insultado por homens de terno no metrô, ou simplesmente provocado por seus colegas palhaços no trabalho, esse extravio social só fica ainda mais fora de sincronia com todos ao seu redor.”

Coringa chega aos cinemas em outubro, com direção de Todd Phillips. O elenco conta com Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz, Brett Cullen, Shea Whigham, e Marc Maron.



Comentários