Comentários

Em comentário retirado do conteúdo adicional do Blu-ray, Todd Phillips afirmou que a Warner Bros. não interferiu nas decisões criativas de “Coringa“. O filme apresentou uma versão totalmente diferente do vilão, bem afastada dos quadrinhos.

“Apresentei a ideia desse filme para as pessoas da Warner e DC, e então disseram, ‘Ok, explore isso e depois volte.‘ Então, acho que um ano depois, eu e Scott Silver fomos até lá para mostrar o roteiro finalizado. Não houve nenhuma interferência ou recomendação. Nós realmente ficamos afastados dos quadrinhos. Praticamente se trata de um personagem novo, com um nome verdadeiro e esse tipo de coisa.”

Discussões sobre uma sequência já acontecem no estúdio, mas por enquanto, negociações concretas ainda não foram iniciadas.

Com orçamento estimado em US$ 55 milhões, Coringa se tornou a maior bilheteria para uma produção com classificação R em toda a história, superando a marca de US$ 1 bilhão.



Comentários