Comentários

Exibido no Festival de Veneza, “Coringa” teve seu embargo de críticas encerrado faltando pouco mais de um mês para a estreia. A grande confiança da Warner Bros. se justificou, pois parece que temos algo marcante dentro do gênero de quadrinhos.

Confira as primeiras avaliações:

COMICBOOK – “Coringa não é parecido com nada que já foi feito. O filme é sombrio, eletrizante e perturbador. Uma obra prima insana, que transcende seu gênero de quadrinhos para se tornar um estudo de personalidade. O público se sentirá desconfortável de maneiras realmente loucas. 10/10.

CINEMABLEND – “Você definitivamente vai querer tomar um banho após assistir Coringa. Mas após trocar de roupa, sentirá a necessidade de debate-lo pelos próximos anos. É a reinvenção de um personagem clássico, algo que Todd Phillips conseguiu atingir com maestria. 4,5/5.

EMPIRE – “Ousado, devastador e belíssimo, Coringa não apenas reimagina um dos vilões mais icônicos da história do cinema, como também o gênero de quadrinhos no geral. 5/5.

THE INDEPENDENT – “Coringa é um filme sombrio e poderoso, que traz uma atuação formidável de Joaquin Phoenix. Apesar da inspiração nos trabalhos de Martin Scorsese, trata-se de algo original, conseguindo apresentar uma versão repleta de nuances de um vilão tão conhecido do público. 4/5.

GAMES RADAR – “Coringa é mais profundo, sombrio e perturbador do que qualquer outra adaptação de quadrinhos. Somos apresentados a uma estrutura totalmente diferente, focada no estudo e na construção desse personagem. Trata-se de uma das produções mais desafiadoras dos últimos anos. 5/5.

GAMESPOT – “O filme é desafiador e potencialmente controverso, características que fazem dele uma visualização praticamente obrigatória. Se você pergunta como Coringa pode funcionar sem Batman, então, a resposta está na sua frente. É perigosamente empolgante, e traz um ar novo ao gênero de quadrinhos. 10/10.

TELEGRAPH – “Coringa é o tipo de filme que vai levantar questionamentos de todos aqueles que assistirem. Podemos estar diante de um novo Clube da Luta. 4/5.

IGN – “Apresentando uma atuação simplesmente definitiva e merecedora de Oscar de Joaquin Phoenix, Coringa consegue brilhar mesmo longe do Batman. Você provavelmente saíra do cinema se sentindo confuso, instável, e pronto para debate-lo nos próximos anos. Um trabalho de mestre de Todd Phillips. 10/10.

Coringa, do diretor Todd Phillips, centra-se no icônico arqui-inimigo do Batman, e é uma história fictícia original e inédita, nunca vista nas telas. Phillips explora Arthur Fleck, retratado por Joaquin Phoenix, um homem  lutando para encontrar o seu caminho na fraturada sociedade de Gotham. Trabalhando como palhaço de dia, ele sonha ser um comediante famoso nas noites… mas a piada sempre está nele. Preso entre uma existência cíclica entre apatia e crueldade, Arthur toma uma decisão ruim que provoca uma reação em cadeia de eventos neste ousado estudo de personagem.

Coringa chega aos cinemas em outubro, com direção de Todd Phillips. O elenco conta com Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz, Brett Cullen, Shea Whigham, e Marc Maron.



Comentários