Comentários

Segundo o Wall Street Journal, Walt Disney Animation Studios teve que regravar cenas com a Princesa Tiana em ‘WiFi Ralph – Quebrando a Internet’, devido as reações nas redes sociais sobre a aparência da princesa.

O filme mostra a princesa Vanellope von Schweetz (Sarah Silverman) com uma coleção de Princesas Disney, incluindo a grande garçonete sonhadora que se tornou princesa, Tiana (Anika Noni Rose). Uma cena, que mostra Tiana e outras princesas em um ambiente de festa do pijama, foi criticada pelo penteado escolhido por Tiana e sua aparência aparentemente mais clara.

Internautas apontaram que Tiana, a primeira princesa negra da Disney, tinha cabelos impróprios no trailer do filme, e que agora ela carregava os traços de uma mulher “racialmente ambígua”. De acordo com o WSJ, os animadores da Disney consultaram a atriz de voz Anika Noni Rose e representantes da Color of Change, uma organização de advocacia focada em questões de representação racial e desigualdade política nas produções de Hollywood.

A diretora sênior da Color of Change, Brandi Collins-Dexter, visitou a Walt Disney Animation Studios para ajudar na revisão de Tiana, levando ao que ela descreveu como cabelos mais escuros e nariz e boca mais largos. A organização saudou a decisão da Disney na quinta-feira de “restaurar a imagem da princesa Tiana para a de uma princesa negra sem remorso com lábios carnudos, pele escura e cabelos escuros”.

WiFi Ralph – Quebrando a Internet’, sequência de ‘Detona Ralph’, chega aos cinemas em 21 de novembro deste ano nos EUA. No Brasil, o lançamento será em 03 de janeiro de 2019.

Ralph, o mais famoso vilão dos videogames, e Vanellope, sua companheira atrapalhada, iniciam mais uma arriscada aventura. Após a gloriosa vitória no Fliperama Litwak, a dupla viaja para a world wide web, no universo expansivo e desconhecido da internet. Dessa vez, a missão é achar uma peça reserva para salvar o videogame Corrida Doce, de Vanellope. Para isso, eles contam com a ajuda dos “cidadãos da Internet” e de Yess, a alma por trás do “Buzzztube”, um famoso website que dita tendências.



Comentários