Comentários

marvel dc
É guerra. DC Rebirth vs Guerra Civil II. A DC terminou o mês de maio com alguns quadrinhos realmente impactantes como DC Universe: Rebirth #1; o encerramento da Liga da Justiça de Geoff Johns; a despedida de Scott Snyder em Batman #52; e a morte do Superman dos Novos 52. Enquanto isso, a Marvel veio com Guerra Civil II, e o novo – e polêmico – título Capitão América: Steve Rogers, que trouxe a controversa revelação de que o bom e velho Cap é um agente da Hidra.


Antes de continuar: Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba ofertas diárias de Quadrinhos com desconto. Para participar, basta clicar aqui!


Com DC Universe: Rebirth #1 vendendo mais do que Civil War II #0, os números de vendas no mercado de quadrinhos da Marvel que já tinham subido de 37.39% para 42.98%, agora voltaram para 39.64%. Enquanto isso, as vendas individuais da Marvel, que tinham subido de 42.71% para 47.87%, caíram para 44.80%.

Já a DC Comics, que tinha 26.32% do mercado, tinha reduzido para 25.82% e agora subiu para 26.45%. Enquanto suas vendas individuais, que tinham caído de 25.94% para 25.13%, saltaram para 26.34%.

Apesar da Marvel novamente ficar com a maior parcela de vendas de quadrinhos do mercado, isso indica um número de pessoas deixando de comprar os gibis da Marvel para comprar os da nova fase da DC. E isso pode significar mais reviravoltas nos números daqui para a frente.

Enquanto isso, a Image Comics parece ter dado adeus aos 10% que vinham alcançando com frequência, ficando agora em torno de 8 e 9% no mês. A IDW reforça sua posição acima da Dark Horse e a Boom! continua aproveitando seu título Mighty Morphin Power Rangers para conseguir um número de vendas individuais maior que o da Dark Horse.




Comentários