Comentários

Hiroyuki Nakano, editor-chefe da Weekly Shonen Jump desde 2017, se abriu em entrevista ao Anime News Network sobre o problema da pirataria que assola a indústria dos mangás hoje.

“Fico feliz que as pessoas estejam lendo nossos mangás, mas é um grande problema para os artistas, não paga o custo dos assistentes, e assim por diante. Se não for controlada, poderá destruir a cultura do mangá. Eu acho que é importante encorajar as pessoas que lêem versões pirateadas a apoiar o lançamento oficial e torná-lo acessível. ”

Continuando, Nakano disse que a escolha da empresa de lançar seu novo serviço, o MANGA Plus, não foi resultado de preocupações com a pirataria. A Shueisha queria expandir seu público em primeiro lugar, mas o editor não vai reclamar se esse acesso livre restringir a necessidade de pirataria.

“Espero que sim, mas essa não foi a principal razão pela qual nós criamos isso. Nós só queremos que nossos mangás sejam mais acessíveis em todo o mundo. Mas talvez isso reduza a demanda por versões pirateadas.

O MANGA Plus está disponível em todos os países fora do Japão que têm seus próprios leitores dedicados. Por uma pequena quantia, os fãs podem ler o backlog de dezenas de títulos semanais da Shonen Jump, como One Piece, e títulos em andamento postam seus capítulos mais recentes gratuitamente.



Comentários