Comentários

Em um momento extremamente raro, Joaquin Phoenix se abriu em entrevista ao programa 60 Minutes sobre a morte do irmão, o também ator River Phoenix. Ele reclamou do comportamento da imprensa na ocasião, algo que influenciou muito negativamente seu luto ao longo dos anos.

River morreu aos 23 anos, no auge do sucesso, após ter trabalhado em filmes como Conta Comigo (1986), Indiana Jones e a A Última Cruzada (1989) e Garotos de Programa (1991). O ator sofreu uma overdose em 1993, na saída de uma boate em Los Angeles.

“Nossa família era muito distante do mundo do entretenimento. Nós não assistíamos a programas de TV, não tínhamos revistas de entretenimento em casa. River era um ator famoso e nós não compreendíamos isso.

No momento em que estivemos mais vulneráveis, havia uma agressividade da mídia com helicópteros em cima da gente, pessoas invadindo a nossa casa. Isso com certeza prejudicou o meu processo de luto.”

A mãe do ator, Arylin Heart Phoenix, também presente no programa, comentou a morte do filho primogênito: “O luto às vezes vem do nada. Talvez eu possa estar dirigindo e ele chega. Eu o recebo muito bem.”

Joaquin Phoenix admitiu que ainda sente muita dificuldade em lidar com o assunto, e às vezes não consegue sequer falar o nome do irmão.



Comentários