Comentários

O final de Game of Thrones ainda está dando o que falar, e um dos desfechos mais criticados pelos fãs é o de Jaime Lannister. No entanto, seu intérprete, Nikolaj Coster-Waldau, conversou com a Entertainment Weekly sobre o fim da série e opinou que o desfecho de Jaime não poderia ter sido diferente, apesar de sua breve redenção.


Eu achei que foi um ótimo final para aquele casal. Ele nunca se renderia. E ele diz isso a Bronn na quarta temporada. Bronn pergunta: ‘Como você quer que isso acabe?’ E Jaime diz: ‘Nos braços da mulher que amo.’ E foi isso que aconteceu.”


Tyrion Lannister(Peter Dinklage) teve a chance de manter seu irmão a salvo, mas Coster-Waldau acrescentou que o destino de Jaime era basicamente inevitável naquele momento.


As coisas que você faz por amor … você precisa fazer. Ele é parado em um ponto, quando ele é capturado. Você pode dizer: ‘Tyrion, o que você está fazendo?’ Tyrion poderia salvar seu irmão se não o libertasse, mas não ir lá teria matado Jaime – de uma maneira diferente, é claro.”


Alguns fãs teorizaram que um melhor final incluiria Jaime finalmente reunindo coragem para matar Cersei, superando sua auto-aversão e finalmente se estabelecendo com Brienne de Tarth. Teria sido um final poético para seu arco, dado que ele já era conhecido em todo o reino por matar o Rei Louco.


Eu nunca achei que ele mataria Cersei. Ele não faria isso.”


Disse Coster-Waldau, minimizando essa teoria.



Comentários