Comentários

Após a Disney demitir James Gunn, o elenco de Guardiões da Galáxia emitiu uma carta aberta em apoio ao cineasta. No entanto, ninguém tem expressado mais revolta com a demissão de Gunn do que Dave Bautista, o Drax da franquia da Marvel.

Após dizer que ser legalmente obrigado a continuar trabalhando para a Disney é “nauseante”, Bautista agora falou com o ShortList que pretende se demitir caso a empresa não aceite utilizar o roteiro que já havia sido escrito por Gunn para Guardiões da Galáxia Vol. 3.

“Onde eu estou agora é que, se não usarem esse roteiro, eu pedirei que me liberem do meu contrato, me cortem ou escalem outra pessoa para o papel. Eu estaria prestando um desserviço a James, se não fizesse isso.”

Bautista acrescentou que ele não acredita que a carta escrita pelo elenco do filme resultará na recontratação de Gunn.

“Eu não acho que isso o fará ser recontratado. Mas espero que abra os olhos das pessoas para o caráter de James.”

James Gunn foi demitido pela Disney após uma série de tweets ofensivos feitos anos atrás voltarem a público. Nas mensagens, escritas entre 2008 e 2012, Gunn faz uma série de piadas pesadas com temas delicados como estupro e pedofilia.



Comentários