Comentários

Uma das perguntas mais frequentes de quem já viu os filmes de “O Senhor dos Anéis” e quer começar os livros é qual a melhor ordem de leitura. Esta é uma pergunta complexa, visto que existe sim uma ordem cronológica, mas talvez o mais recomendado seja seguir a ordem de publicação.

Quando você lê “O Senhor dos Anéis”, você percebe que o mundo que Tolkien criou é muito vasto e ele continuou a escrever histórias sobre isso. Uma dessas obras é O Silmarillion, livro que foi lançado após a morte do autor, graças ao esforço editorial de seu filho, Christopher Tolkien.

Para se ter ideia, sempre que um personagem desaparecia da história, ele queria ter certeza de que saberíamos o que aconteceu com ele. Tolkien acabou escrevendo vários textos que nunca foram usados em “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”, ao mesmo tempo, ele desenvolveu a história e os idiomas da Terra-Média. Como Tolkien escreveu e reescreveu vários desses textos durante sua vida, Christopher Tolkien usou 12 volumes para descrever minuciosamente todo o processo de criação e juntar todos os documentos publicados.

Estes 12 volumes são chamados de “A História da Terra-Média”. Antes da publicação dos 12 livros, Christopher Tolkien ainda publicou “Contos Inacabados”, que inclui histórias variantes ou paralelas de “O Senhor dos Anéis” e “O Silmarillion”. Em abril de 2007, vimos a publicação de “Os Filhos de Húrin”. Aumentando a família de livros.

Assim, abaixo, colocamos os livros na ordem de leitura que recomendamos pela facilidade de leitura:


1 – O Hobbit

Este é o melhor livro para entrar no universo da Terra-média. O Hobbit é um livro de fantasia fácil, leve, que Tolkien escreveu sem ter muitos detalhes e backstory na cabeça. Na verdade, ele escreveu este livro para seus filhos, visto que ele adorava contar histórias quando eles iam dormir. Quando os filhos começaram a apontar erros na história, Tolkien decidiu sentar e escrever o conto.

A parte mais interessante é que Tolkien acabou reescrevendo parte deste livro após lançar “O Senhor dos Anéis”. Tudo para que as duas histórias se encaixassem perfeitamente.

Você pode encontrar o livro, clicando aqui.


2 – O Senhor dos Anéis

Esta é a sequência natural de “O Hobbit”, completando a sua história. Entretanto, diferente do primeiro, ele não é tão ágil e leve. Enquanto escrevia este livro, a cabeça de Tolkien estava focada em grandes mitologias e as histórias por trás de seus contos. O tom do livro é diferente, não sendo uma história para crianças que nem “O Hobbit”. É uma saga obrigatória para qualquer leitor ou fã dos filmes.

Originalmente, O Senhor dos Anéis foi lançado em 3 volumes, cada um cobrindo 2 livros. Atualmente, existem 3 formas de se conseguir a trilogia:

 => Uma caixa com os 3 volumes (que pode ser encontrada, clicando aqui).

=> Um volume único com o conteúdo completo dos 3 livros. Que você pode encontrar, clicando aqui.

=> E os 3 volumes separados, seguindo a ordem:


3 – O Silmarillion

Este livro conta a origem da Terra-Média, ou seja, os primeiros anos do mundo criado por Tolkien. Vemos a gênese deste universo através de contos, rimas, diálogos e canções. Tolkien trabalhou nesta obra durante boa parte de sua vida. Ela foi editada e publicada após a morte do autor, um trabalho feito por seu filho, Christopher Tolkien, com a assistência de Guy Gavriel Kay, escritor de livros de fantasia, para reconstruir algumas partes.

Este é aquele tipo de livro que fica melhor a cada leitura. Ele pode ser meio complicado no começo, mas sempre terá algo novo para você descobrir. É um livro cheio de detalhes, emoções, surpresas e zelo. Leia o livro e você vai abrir as portas para um universo bem maior do que você conhecia através dos filmes. Este livro é parte vital da obra de Tolkien.

Você pode encontrar o livro, clicando aqui. 


4 – Contos Inacabados

Como o título sugere, esta é uma coletânea de histórias da Terra-média. Algumas delas são versões maiores do que vemos em O Silmarillion, mas também existem vários momentos reveladores de “O Senhor dos Anéis”, envolvendo Gandalf, Elrond, Balrogs, Nazgul… tudo foi editado e publicado por Christopher Tolkien.

Diferente de “O Silmarillion”, Contos Inacabados possui um tom mais parecido com “O Senhor dos Anéis”, sendo uma leitura mais fácil. O livro possui vários momentos do humor clássico de Tolkien e algumas observações críticas da condição humana.

Se você gostou de “O Senhor dos Anéis”, você vai adorar este livro. É realmente fantástico!

Você pode encontrar o livro, clicando aqui.


5 – Os Filhos de Húrin

Os Filhos de Húrin é um livro que foi iniciado em 1918, porém, o perfeccionismo de Tolkien fez com que ele passasse a vida reescrevendo este livro, que acabou nunca sendo publicado por seu autor em vida. Alguns trechos serão reconhecidos como referências aos demais livros que você já leu, mas esta é uma completa e nova história.

O texto do livro é uma compilação de alguns textos já publicados, mas é composto por partes inéditas da obra de Tolkien, que juntas, formam uma obra totalmente nova.  É um livro bem legal de ler e bastante forte.

Você pode encontrar o livro, clicando aqui.


Outros contos

Apesar de muitos desses contos não se passarem na Terra-Média, esta coleção merece o mesmo respeito do que os demais livros de J.R.R. Tolkien. Neles, encontramos a mesma qualidade e ritmo que vemos em “O Hobbit”, mostrando o talento que Tolkien tinha para criar histórias que poderiam ser contadas para crianças e, ao mesmo tempo, serem interessantes e prazerosas para os adultos. Assim, temos os livros:

 LivroCompre
Árvore e Folha
Compre

Mestre Gil de Ham
Compre

Roverandom
Compre

As Aventuras de Tom Bombadil
Compre

A Última Canção de Bilbo
Compre

A História de Kullervo
Compre

Ferreiro de Bosque Grande
Compre



Comentários