Comentários

Quem é o Juiz Dredd?


Antes de continuar: Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba ofertas diárias de Quadrinhos com desconto. Para participar, basta clicar aqui!


Joseph Dredd é um oficial da lei de Mega-City Um – uma metrópole americana do século 22, abrangendo todo o território de Boston até Charlotte. Dredd e seus colegas são chamados de “Juízes de Rua”, pois possuem a autoridade para apreender, sentenciar e até executar os criminosos no local. Dredd é o juiz mais famoso e temido de toda Mega-City Um, onde o crime é desenfreado, apesar de todas as políticas de tolerância zero do governo.

Diferente do filme de Stallone, Dredd nunca mostra seu rosto nas histórias e sua origem só foi revelada após décadas. Ele é um clone do Juiz Fargo, o primeiro Juiz Chefe.

Dredd foi criado pelo roteirista John Wagner e o artista Carlos Ezquerra na revista 2000 AD em 1977. Até hoje, Wagner escreve a maioria das histórias de Dredd e também produziu as histórias mais amadas do personagem. Desde sua criação, vários artistas famosos se envolveram com o personagem, incluindo Brian Bolland, Mike McMahon, Colin MacNeil, Steve Dillon e muitos outros.

Do que se trata?

Dredd é uma sátira ao tratamento que as autoridades policiais exercem, especialmente na Inglaterra. Dredd é um burocrata violento que interpreta a lei ao pé da letra, sem espaço para qualquer interpretação. O personagem age com tanta violência e falta de compaixão que faz você questionar se ele deveria mesmo ser o herói.

Outro ponto interessante é que desde 1977, Juiz Dredd progrediu em tempo real. A história começou em 2099 e já está em 2139. Dredd já tem mais de 70 anos de idade. Ele está na ativa há mais de 50 anos e reflete mais sobre suas ações do que antes. Os seus colegas o olham como um cara que já deveria ter se aposentado.

Entretanto, Dredd não possui uma cronologia invasiva. As histórias possuem pouco impacto entre si, o que torna mais fácil pular de uma história para outra, aproveitando os quadrinhos de forma mais livre. Com a exceção de alguns casos, que falaremos mais abaixo.

Lá fora, existem dois selos do Juiz Dredd

Historicamente, a 2000 AD é quem controla tudo de Dredd, publicando as histórias na 2000AD Magazine e na Juiz Dredd – Megazine. Geralmente, eles coletam histórias individuais e as incluem em suas próprias graphic novels. Porém, em 2013, a IDW, editora americana, começou a produzir sua própria HQ do Dredd, escrita por Duane Swierczynski e com spin-offs de Douglas Wolk. A IDW segue aquilo que John Wagner começou, mas podemos dizer que seria como uma versão “Ultimate” ou “Terra Um” de Dredd, visto que as histórias parecem seguir uma continuidade própria.

Editora no Brasil

No Brasil, a Editora Mythos é responsável pela publicação dos encadernados. Vale dizer que muitos dos encadernados de Dredd não existem no Reino Unido. Eles foram criados especialmente para o Brasil. Explico: as histórias existem por lá, óbvio. Porém, a compilação dos títulos é feita para o público brasileiro, as histórias são escolhidas a dedo pelo responsável pelo título na Editora, Pedro Bouça. Neste caso, se encaixam os encadernados Juiz Morte, Sobrenatural, Assassinos Seriais e outros.

Por onde começar?

Existem muitas histórias de Dredd por aí, mas vamos tentar passar o maior número de informações para quem quer seguir Dredd de forma hardcore. Aqui vão 3 títulos que podem te ajudar a entrar neste mundo:


Judge Dredd: Complete Case Files 05

Se você quer começar pelo clássico, o melhor lugar para iniciar é “Judge Dredd: Complete Case Files 05”. É uma história em preto e branco, que traz tudo que foi publicado entre 1981 e 1982. Ela inclui as histórias mais famosas do personagem, tais como “Guerra do Apocalipse”. Infelizmente, ela não foi publicada no Brasil, mas vale a pena pedir para a Mythos lançar esse material clássico (entrem em contato com eles via facebook ou email). O título é uma ótima introdução para o personagem, você não precisará de nenhuma informação anterior para ler este volume. Ele pode ser encontrado, em inglês, clicando aqui.


Juiz Dredd: América

Mas se você quer iniciar pelo material que já foi produzido no Brasil, a melhor introdução é “América”, que coleta 3 histórias de John Wagner e Colin MacNeil (de 1990, 1996 e 2006) que tornaram tudo mais interessante. A história é considerada um divisor de águas para o Dredd. E é uma HQ bastante aclamada, indispensável para sua coleção. Um detalhe interessante: Esta não é bem uma história do Dredd, na prática, ele é o vilão da história… Leia e descubra mais sobre ela, você pode encontrá-la, clicando aqui.


Juiz Dredd: Origens

Esta história foi lançada recentemente e revela, finalmente, todas as peças da origem de Dredd, depois de décadas de existência do personagem. A história pe de John Wagner e Carlos Ezquerra, os criadores de Dredd. Infelizmente, ela está mais complicada de achar no Brasil, visto que está esgotada. Mas você pode achar o material em inglês, clicando aqui (Ou pedir a republicação para Mythos).

E depois?

Se você leu “Origens”, siga a sequência abaixo:

Mutantes em Mega-City Um

Obviamente, o foco deste encadernado são os mutantes. Você acompanhará uma transformação em Dredd, principalmente na forma como ele trata os Mutantes. Aqui, ele percebe que as leis antimutante são injustas e devem ser revogadas, o interessante é ver que Dredd passou a pensar sobre isso e usa toda a sua influência para revogar a lei.  Você pode encontrar o título, clicando aqui.

Juiz Dredd: Exílio

A questão política dos Mutantes recebe uma continuação neste encadernado, Dredd é enviado para a Terra Maldita para gerenciar os acampamentos mutantes.  A insistência de Dredd em acertar as coisas, acaba criando uma reação em cadeia que leva à desgraça e ao exílio. Esta é uma história provocante e você vai adorar ainda mais a série ao chegar aqui. Você pode encontrar o material, clicando aqui.

Li tudo isso, o que leio agora?

Então, ainda que as histórias possuam uma linha cronológica, você não precisa se preocupar muito com a sequência, pois não existe um impacto tão grande entre as histórias, daí, após ler a parte introdutória, você pode aproveitar os encadernados da lista abaixo em qualquer ordem.

Atenção:

Este ano, a Mythos irá lançar a saga “Dia Do Caos”, que terá um forte efeito cronológico no título Juiz Dredd. Por isso, todo o material que saiu até agora no Brasil é anterior a ele. Esta saga muda tudo para as histórias, logo, leia tudo isso ANTES de “Dia do Caos”

Abaixo, veja uma lista com tudo que ainda está disponível (além dos títulos citados acima):

 TítuloAdquira
Box: Megassagas
Compre
Juiz Dredd Mega-Almanaque - Volume 3
Compre
Juiz Dredd Apresenta Área Cinzenta
Compre
Juiz Dredd Apresenta Área Cinzenta Vol 2
Compre
Juiz Dredd: Mandroide
Compre
Juiz Dredd: Assassinos Seriais
Compre
Juiz Dredd Apresenta Juiz Morte
Compre
Juiz Dredd: Sobrenatural
Compre
Missionário: Lua de Sangue
Compre
Juiz Dredd: Heavy Metal
Compre
Juízes Negros: A Queda de Mundo Morto
Compre



Comentários