Comentários

Se você é como eu e não quer ir para o ranqueado dessa semana sem as novas cartas, veio ao lugar certo!

Passei a tarde estudando os novos chefes e tentando matá-los o mais rápido possível para trazer a vocês decklists que os levassem à vitória sem muito esforço.

Lá vão eles:

Garr

garr

A mecânica desse deck é bem simples, sabendo utilizar o Círculo de Cura e a Dissipação em Massa você vencerá com facilidade. A melhor carta para vir na sua mão inicial é, sem dúvida nenhuma, Dissipação em Massa. Guarde ela para usar antes do Garr matar as próprias criaturas.

Com “guarde”, eu quis dizer que é melhor você usar Círculos de Cura para manter as criaturas dele vivas antes de silenciá-las, pois assim você não permitirá que ele invoque outras criaturas e as únicas fontes de dano dele serão suas armas e suas magias (que não irão te matar).

O resto do deck foi montado simplesmente para completar essa estratégia e ter dano suficiente para matá-lo (não adianta não morrer, mas também não matar).

Dica: Eu aconselharia começar de novo caso você não receba a Dissipação em Massa na sua mão inicial, porém, se você se garante, não sou eu que vou lhe dizer o que fazer.

 

 

 

 

 

Barão Geddon

baron

Esse deck foi construído em volta do Eco de Medivh, logo, é em cima da habilidade dessa carta que ele deve ser jogado.

Tente sair com cartas de baixo custo na sua mão para evitar danos iniciais desnecessários. Além disso, guarde suas magias para usar nas suas criaturas afetadas por Bomba Viva. Depois disso é só jogar normalmente, o deck praticamente joga por si próprio. Use o combo Gigante Derretido + Eco de Medivh quando estiver com pouca vida e use o Eco de Medivh para gerar várias cartas, permitindo a você gastar toda sua mana a cada turno.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ragnaros, o Senhor do Fogo

ragnaros

Esse deck foi montado para reescrever a definição de controle. Para vencer com esse deck, você não deve deixar seu oponente com menos de 21¹ de vida, isso mesmo, não o ataque. Para vencer com facilidade (venci de primeira no modo normal e no modo heróico) você deve focar todo o seu dano nas criaturas que ele invoca e manter as suas criaturas com o máximo de vida que conseguir (Fonte de Luz é a melhor carta para isso).
Jogue como controle até você tem em campo criaturas com dano suficiente para matá-lo e ainda tirar mais ou menos uns 15 pontos de vida. Além disso, é importante você ter em campo o Kel’Thuzad, pois assim que você matar a primeira faze do chefe, ele ganhará a habilidade de dar 8 pontos de dano em dois inimigos aleatórios e, assim, você não perderá suas criaturas (a não ser que tenha muita má sorte e ele acerte o Kel’Thuzad).

Use o Imperador Thaurissan assim que possível para começar a diminuir o custo de suas cartas e guarde as Palavras Sombrias:Morte para os Gigantes Derretidos.

¹ A vida dele não pode ser menor que 21 porque assim impedimos que ele invoque os seus Gigantes Derretidos antes de termos poder o suficiente para matá-los (ele possui vários Gigantes Derretidos no deck, então não desconsidere essa informação).

 

 

banner



Comentários