Comentários

Nas primeiras cenas de Homem-Aranha: Longe de Casa, vemos as vítimas do estalo de dedos de Thanos, que estavam no colégio quando a tragédia aconteceu, retornando 5 anos após serem dizimadas.

Isso abriu novamente uma questão pertinente no público: o que acontece se os “blipados” (termo usado em Homem-Aranha) não pudesse retornar no mesmo local onde haviam partido, já que isso poderia causar outras tragédias?

A pergunta foi feita ao diretor de Longe de Casa, Jon Watts, que preferiu trabalhar com este problema apenas dentro do universo de seu filme.

“O que aconteceria com as pessoas em movimento, se você estivesse em um carro ou em um avião? Obviamente, eles não voltaram no meio do céu e caíram na Terra porque muitas pessoas morreriam. Há tantas perguntas, mas nós ficamos apenas com as que faziam sentido em nossa história. Todos voltaram com segurança de alguma forma. Eu não acho que as pessoas foram arrebatadas de volta à Terra e mergulharam no oceano. Esse não seria o final feliz que Tony Stark estava planejando.”

Peter Parker retorna em Homem-Aranha: Longe de Casa, o próximo capítulo da série Homem-Aranha: De Volta ao Lar! Nosso simpático super-herói amigão da vizinhança decide se juntar a seus melhores amigos Ned, MJ e o resto da turma em férias na Europa. No entanto, o plano de Peter de deixar seus atos super-heróicos para trás por algumas semanas é rapidamente descartado quando ele a contragosto concorda em ajudar Nick Fury a descobrir o mistério por trás de vários ataques de criaturas elementais, causando estragos em todo o continente!

Homem-Aranha: Longe de Casa conta novamente com Jon Watts na direção, e já está em exibição nos cinemas.

Tom Holland reprisa seu papel como Peter Parker/Homem-Aranha, e no elenco de apoio temos os retornos de Zendaya como MJ e Marisa Tomei como Tia May. 

Jake Gyllenhaal foi escalado como o vilão Quentin Beck, também conhecido como Mysterio, um clássico inimigo do herói nos quadrinhos.



Comentários