Comentários

Após dirigir Guardiões da Galáxia 1 e 2 pela Marvel, e agora trabalhar em Esquadrão Suicida pela DC, James Gunn está acostumado a conviver com produções de grande orçamento.

No entanto, ele recentemente foi produtor de Brighburn – filme de terror que subverte a história do Superman e o transforma em uma criança assustadora – que contou com um orçamento de apenas US$ 7 milhões.

Em recente entrevista ao ScreenRant, Gunn disse que não acha que Marvel e DC consigam fazer filmes com tão poucos custos de produção.

“Eu não acho que grandes estúdios estão configurados para fazer um filme com um orçamento de poucos milhões. Eu acho que um grande risco para a Marvel e para a DC seria, por exemplo, um filme do Justiceiro com 50 milhões de dólares ou algo assim. Seria ótimo, mas eu acho que para fazer algo do tipo, eles adicionam outros US $ 20 milhões, e aqui não poderíamos arcar com isso. Este foi um filme de baixo orçamento e, felizmente, tivemos ótimas pessoas trabalhando nele. Mas eu acho que eles não estão preparados para isso.”

Quando uma criança alienígena cai no terreno de um casal da parte rural dos Estados Unidos, eles decidem criar o menino como seu filho. Porém, ao começar a descobrir seus poderes, ao invés de se tornar um herói para a humanidade, ele passa a aterrorizar a pequena cidade onde vive, se tornando uma força obscura na Terra.

Elizabeth Banks (Jogos Vorazes, A Escolha Perfeita 3) e David Denman (13 Horas, Power Rangers) vivem os protagonistas.

Dirigido por David Yarovesky (A Colmeia), Brightburn já está em exibição nos cinemas.



Comentários