Comentários
maxresdefault-3

O futuro do Universo Cinematográfico Marvel reserva muitas surpresas e alegrias para os fãs, com cerca de 8 filmes anunciados para os próximos anos e muitos heróis para serem introduzidos nas telas. Apesar disso, o lançamento mais ambicioso e significativo desta tal Fase 3 da Marvel Studios são as próximas duas sequências dos Vingadores, Guerra Infinita e o quarto filme da franquia, ainda sem título.

O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, deu uma entrevista ao site Collider, e então, teve a oportunidade de dar mais detalhes sobre os planos do estúdio para o que vem a seguir e como funcionarão as gravações dos dois próximos filmes dos Vingadores, que serão gravados simultaneamente.

“Bem, não quero ser muito específico, mas creio que começaremos a gravar em Janeiro e continuaremos trabalhando de uma forma ou de outra até Outubro, ou Novembro. É uma questão de eficiência –  mas estamos tratando os dois, tanto na forma de produzir quanto na de criar, como dois filmes distintos.”

Feige deu a entender que, além dos vários heróis apresentados durante todos estes anos nos filmes, também há a possibilidade de vermos novos rostos entrando em cena.

“A importância maior é a de juntar todos estes personagens nos filmes, mas também veremos novos jogadores.”

Quanto aos projetos misteriosos planejados para a Fase 4, Feige afirmou o seguinte:

“Nós sabemos o que queremos fazer em 2020. Durante os anos, tivemos sorte pelo fato de tudo o que planejamos ter sido a mesma coisa, mas sempre aproveitamos as oportunidades para arriscar e fazer adaptações, se necessário. Sabemos onde queremos ir em 2020 e temos ideias e estamos começando a construir os anos que seguem.”

Como sabemos, Steve Rogers deixou de ser o Capitão América após a conclusão da Guerra Civil, o que deixa no ar muitas dúvidas em relação ao que vem a seguir para o personagem. Uma das perguntas feitas pelo site durante a entrevista foi justamente sobre isso, e sobre o destaque que o herói pode ou não ganhar futuramente.

“É uma boa pergunta, e se paramos para olhar as histórias em quadrinhos que nos inspiraram e aquelas que originaram tudo isso, então a resposta seria ‘não’. Não quero dizer que faremos isso no filme, mas eu já li histórias do Capitão América que não envolvem Steve Rogers.”

O próximo filme do estúdio é Doutor Estranho, que chega aos cinema brasileiros oficialmente no dia 3 de Novembro.



Comentários