Comentários
spiderman

ATENÇÃO: Esta notícia pode conter pequenas revelações da trama de Capitão América: Guerra Civil. Caso você ainda não tenha assistido o filme, é recomendado que não continue lendo, para que sua experiência não seja estragada. 

O Homem-Aranha foi finalmente introduzido ao Universo Cinematográfico Marvel em Capitão América: Guerra Civil. Interpretado pelo jovem ator, Tom Holland, a nova versão de Peter Parker encantou os fãs e críticos, apesar de ter aparecido por pouco tempo no filme.

E então, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, revelou em entrevista como aconteceu todo o processo do acordo com a Sony, que possui os direitos do personagem nas telas.

“Tudo começou num almoço com Amy Pascal e então vieram muitas conversas por telefone e reuniões onde eu, basicamente, sugeria que eles nos permitissem produzir seus filmes. Com alguns personagens, esse foi o caso, e com o Homem-Aranha, se passaram muitos anos no intervalo entre esses filmes, e não acredito que essa tenha sido a ocasião. Eles tiveram todo o tempo do mundo para continuar a fazer estes filmes. Se tornou uma questão de… nós não sermos bons ajudando, apenas dando dicas ou um feedback ou até mesmo comentando sobre a exibição e o roteiro. Eu já havia feito isso um pouco antes na franquia do Espetacular Homem-Aranha. Não funciona muito bem, porque você acaba se tornando só mais uma voz em meio a uma multidão.”

No entanto, apesar das coisas não terem ido muito bem de início, a história acabou tomando um outro rumo.

“Eu disse que o único jeito, a melhor maneira de podermos ajudá-los seria se nos deixassem fazer por eles. Continua como um personagem da Sony e a Sony paga por isso e eles tem o lucro e todo o marketing e distribuição acaba ficando por parte de toda a equipe da Sony. Este acordo foi fechado, após várias discussões. Felizmente, tudo têm ocorrido bem depois de um ano e demos o primeiro passo no nosso plano de duas partes foi revelado neste fim de semana. Até agora, a responsabilidade virou um sonho se tornando realidade, ao introduzi-lo. Ao invés de ser o terceiro reboot do Aranha, se transformou na primeira versão do herói a ser revelada como parte do UCM. Os créditos vão para Amy e para Tom Rothman, que agora está na liderança da Sony enquanto nós estamos unindo tudo, o tempo todo, e a ajuda deles têm sido espetacular para nos permitir trazê-lo a este mundo.”

O novo Cabeça de Teia é mostrado de uma forma bem diferente das versões anteriores do personagem, interpretadas respectivamente por Tobey Maguire e Andrew Garfield. Este Peter Parker é muito mais semelhante ao dos quadrinhos clássicos, tanto na sua personalidade quanto no aspecto visual. Mas o processo para definir tudo isso não foi nem um pouco fácil.

“O maior desafio, obviamente, foi encontrar um novo Homem-Aranha. Nossa visão para o personagem era deixá-lo mais novo, porque nas nossas histórias em quadrinhos favoritas, ele é jovem. Ele não está se graduando, está apenas começando o colegial. Ele é um garoto. Isso é o que o torna interessante como super-herói, especialmente no UCM. É o que faz dele tão diferente de todos os outros heróis,. Então nós realmente queríamos que ele fosse este incrível contraponto nos Vingadores. que é o que ele sempre foi e o que fez com que ele fosse um sucesso tão grande quando foi criado nos quadrinhos durante os anos 60.”

Para finalizar, Feige elogiou o desempenho de Tom Holland no papel e disse o porquê do Amigão da Vizinhança ter funcionado tão bem na trama do filme.

“Sua presença na Guerra Civil também era para ter sido um contraponto. Os outros heróis têm muitas histórias juntos. Eles possuem muitos medos, muitas questões geopolíticas para lidar, e é algo complicado. Esse garoto, basicamente, sente como se tivesse tirado a sorte grande. O homem mais famoso do mundo, Tony Stark, pede para que ele vá a Alemanha e se junte aos Vingadores e ele ama cada minuto disso. É divertido. Este é o Homem-Aranha, e nós podemos e faremos muito mais disso em seu filme solo. Você vê como ele é nas HQs, ele fala o tempo todo. Na Guerra Civil, enquanto luta contra o Falcão e o Soldado Invernal, Sam Wilson diz algo como, ‘Eu não sei se você já esteve numa luta antes, mas geralmente não tem muita conversa’. E isso é o Homem-Aranha para nós. É o que amamos. Tom Holland, que Deus o abençoe, é assim na vida real. Este fantástico jovem ator britânico foi trazido para cá, entrou na nossa sessão de testes, e imediatamente encontrou a si mesmo, contracenando com Robert Downey Jr.. Eu juro, exatamente a relação que queríamos ver entre Tony Stark e Peter Parker aconteceu entre Tom e Robert.”

Peter Parker retornará em 2017, em Spider-Man: Homecoming.



Comentários