Comentários

Logan é a última vez de Hugh Jackman como o Wolverine nos cinemas. Após longos e inesquecíveis 17 anos no papel, o ator finalmente dará adeus ao personagem e seguirá com sua carreira. E apesar de já ter falado bastante sobre isso em algumas entrevistas, o motivo que o fez deixar o papel tem uma grande história por trás. Em entrevista ao site Entertainment Weekly, Jackman explicou como tudo aconteceu:

“Eu estava almoçando com Jerry Seinfeld. Ele tem uma filosofia muito clara e decisiva quando se trata de criatividade e quando chega a hora de dar um fim a alguma coisa. Quando você deve abandonar a festa – e quando chega o momento de encontrar outra. E então ele disse – e nunca esquecerei suas palavras – que você precisa deixar algo por lá – você se sentirá bem, como se já tivesse dito tudo que precisava dizer, mas ainda falta algo, e daí essa é a hora de ir. E no momento em que ele falava, percebi – eu sabia.”

Segundo Jackman, foi esta conversa que o inspirou a fazer o novo filme, e a partir daí, tudo se desenvolveu com clareza:

“No momento em que eu pensei nisso tudo, as ideias para este último filme realmente foram surgindo.E a inspiração e a empolgação ao redor. Nunca senti que houvesse algo a mais em jogo. Nenhum outro filme me pareceu tão pessoal quanto este. Nunca estive tão envolvido na criação, ou na execução, ou até mesmo na promoção de um filme. Estou verdadeiramente investido nisso. E é porque esta é a decisão certa.”

No fim, o ator demonstrou muito orgulho e animação com o resultado final, e afirma:

“Eu estava determinado a fazer com que meus filhos e os filhos deles pudessem ter o filme definitivo do personagem. Isso se daqui há 20 anos meus netos me perguntarem, ‘Vô, lembra destes filminhos que você costumava fazer na época em que as pessoas assistiam coisas numa tela na parede? Você fez nove deles, qual eu deveria ver?’ E eu quero poder indicar este aqui. Mas vai ter que esperar até os 18 anos!”

Logan já está em exibição nos cinemas brasileiros.



Comentários