Comentários
lc

ATENÇÃO: ESTA NOTÍCIA POSSUI SPOILERS DA 1ª TEMPORADA DE LUKE CAGE. CASO VOCÊ AINDA NÃO TENHA ASSISTIDO, É RECOMENDADO QUE NÃO LEIA A MATÉRIA PARA EVITAR QUALQUER TIPO DE REVELAÇÃO DA TRAMA QUE POSSA ATRAPALHAR SUA EXPERIÊNCIA.

Em seus primeiros anos de publicação, Luke Cage (na época conhecido também como Poderoso) usava um uniforme bastante icônico, reflexo da época em que foi criado, já que o próprio personagem era inspirado num movimento cinematográfico da década de 70 conhecido como Blaxpoitation, Não apenas suas roupas extremamente coloridas eram resultado de tudo isso, como também sua personalidade, que foi sendo moldada ao longo dos anos.

Atualmente, o personagem não se veste (e nem age) da mesma forma. E foi este caminho que a Marvel TV escolheu seguir na hora de adaptar a história do herói para seu seriado solo produzido pela Netflix. Apostando numa visão muito mais moderna de Luke Cage e os personagens ao seu redor, até mesmo para explorar o cotidiano do Harlem de uma forma mais realista, o seriado foi um verdadeiro sucesso,

Apesar disso, uma pequena homenagem ao uniforme clássico foi feita no episódio 4, intitulado Step Into The Area. Após Carl Lucas ganhar seus poderes e conseguir fugir da prisão Seagate, ele precisa encontrar um lugar seguro para ficar. Em seu caminho, ele acha algumas roupas num varal aleatório, e as veste rapidamente. Logo, a referência pode ser facilmente percebida pelos fãs. O ator Mike Colter, que interpreta Cage na série, comentou a respeito deste Easter-Egg:

“Eu achei brilhante a forma como fizeram isso. Aquilo, para mim, foi genial. Quando me disseram que eu teria que vestir aquele traje, eu pensei, ‘Oh Deus, lá vamos nós. Mas como? Como?’ E daí eu li o roteiro e não pude acreditar. O jeito que fizeram isso foi tão inteligente.”

Segundo ele, todos tentaram fazer tudo funcionar da melhor maneira possível, de uma forma que se encaixasse na história e que, ao mesmo tempo, não fosse apenas uma referência gratuita.

“Nós comentamos sobre o uniforme original, brincamos com isso, e também assumimos o que era. Era tudo o que precisávamos fazer. Queríamos vê-lo, mas precisávamos fazer isso de um jeito que parecesse natural e que também fizesse parecer que estava dentro da piada. Algo como, ‘Ei pessoal, estamos fazendo isso porque sabemos que é o que vocês querem.'”

O ator finalizou falando rapidamente sobre o efeito que a cena tem sobre o espectador, que já está esperando pelo que está por vir, em algum momento da série:

“E é uma roupa hilária. Mas quando você a vê, ainda é satisfatório.”

Luke Cage já está disponível na Netflix.



Comentários