Comentários

Diretor de arte de “Ghost of Tsushima“, Jason Connell revelou em entrevista ao VG247 que não teremos nenhum ponto de referência no mapa. A ideia é que o jogador sinta total liberdade em explorar.

 


Antes de continuar: Tá precisando comprar cartão pré-pago ( gift card ) para Xbox , PSN, Nintendo ou Garena Free Fire Diamantes? O melhor lugar é na GCM Games, clique aqui e confira!


 

“Nós realmente buscamos essa experiência, de que o jogador ficará livre para explorar tudo o que quiser. Por exemplo, ‘Ei, tem uma floresta de bambu logo ali e parece interessante, realmente quero dar uma checada. Quero ir nessa direção e ver o que no vai dar.‘ “

Contou.

“O mapa não te dá um ponto de referência. Não há nada que diga ‘Vá aqui e procure esse NPC na floresta de bambu.’ Esperamos que esse jogo seja a apresentação de algo realmente lindo e exótico. Você poderá escolher sua própria aventura.”

A trama do jogo acompanha o samurai Jin Sakai, que sobrevive a invasão do Império Mongol na ilha de Tsushima, no Japão, que começa a causar o terror e conquistar territórios. Seu personagem então precisará deixar de lado das tradições dos samurais para se tornar um Fantasma e garantir a vitória.

Ghost of Tsushima será exclusivo para PlayStation 4, e chega às lojas no terceiro trimestre de 2020.



Comentários