Comentários

De acordo com relatório da Variety, a Paramount Pictures tem motivos de sobra para se preocupar com “O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio“. Com abertura mundial muito abaixo das expectativas, é esperado que o filme dê um prejuízo acima de US$ 100 milhões.

Considerando o orçamento da produção, US$ 185 milhões, e o investimento pesado em marketing, estimado entre US$ 80-100 milhões, Destino Sombrio precisaria de, pelo menos, US$ 450 milhões para “se pagar”, que neste momento é improvável que aconteça.

Analistas consultados pela reportagem acreditam que a bilheteria final não deve superar US$ 180-200 milhões.

A situação se tornou particularmente preocupante por conta da China. Considerado segundo maior mercado do mundo, foram arrecadados apenas US$ 28 milhões por lá, e muitos filmes com resultados fracos na estreia são até mesmo retirados de cartaz dentro de poucos dias.

Vale dizer que esse é o segundo grande fracasso da Paramount em 2019, seguido de “Projeto Gemini“, filme de ação estrelado por Will Smith e que também deve gerar um prejuízo próximo de US$ 100 milhões.

Linda Hamilton (Sarah Connor) e Arnold Schwarzenegger (T-800) retornam em seus papéis icônicos em O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, dirigido por Tim Miller (Deadpool) e produzido pelo visionário cineasta James Cameron.

Passando-se após os eventos de O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio também conta com Mackenzie Davis, Natalia Reyes, Gabriel Luna e Diego Boneta.

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio está em cartaz nos cinemas brasileiros.



Comentários