Comentários

Após ser aplaudido de pé em sua exibição no Festival de Cinema de Veneza, o filme Coringa começou a chamar ainda mais atenção.

Mas curiosamente, mesmo sendo um filme baseado em um personagem de quadrinhos, sua produtora não gosta de filmes do gênero.

Conversando com a Associated Press, Emma Tillinger Koskoff explicou que sequer consegue assistir a filmes baseados em histórias em quadrinhos.

Eu literalmente não consigo nem assistir esses filmes. Eu até tento, mas não consigo. Mas esse filme aqui eu amei. Mesmo que não estivesse trabalhando nele, ainda iria adorar.”

Recentemente, um dos atores do filme, Marc Maron, também se envolveu em uma polêmica ao dar sua opinião sobre o gênero no programa  Conan – onde recebeu muitas vaias da platéia.

Não gosto desses filmes. Eu sou um adulto, não tenho sete anos. Para mim, esses filmes são feitos para crianções nerds.”

Coringa, do diretor Todd Phillips, centra-se no icônico arqui-inimigo do Batman, e é uma história fictícia original e inédita, nunca vista nas telas. Phillips explora Arthur Fleck, retratado por Joaquin Phoenix, um homem  lutando para encontrar o seu caminho na fraturada sociedade de Gotham. Trabalhando como palhaço de dia, ele sonha ser um comediante famoso nas noites… mas a piada sempre está nele. Preso entre uma existência cíclica entre apatia e crueldade, Arthur toma uma decisão ruim que provoca uma reação em cadeia de eventos neste ousado estudo de personagem.

Coringa chega aos cinemas em outubro, com direção de Todd Phillips. O elenco conta com Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz, Brett Cullen, Shea Whigham, e Marc Maron.



Comentários