Comentários

Quer saber mais sobre Iden Versio, protagonista de Star Wars: Battlefront II antes de jogar o novo game? Bem, o livro de Christie Golden, Inferno Squad, serve exatamente para isso.

O novo romance canônico de Star Wars traz a história da personagem, e é onde sabemos por exemplo que ela não apenas testemunhou, como foi participante da lendária Batalha de Yavin, que terminou na épica explosão da primeira Estrela da Morte. Sim, aparentemente, Iden Versio estava pilotando um dos TIE Fighters que tentaram atrapalhar Luke antes do seu tiro fatal.

A informação veio do USA Today, que liberou um trecho do livro.

De alguma forma, ela vagou muito perto do raio de alcance da Estrela da Morte, e tinha sido varrida para longe com a caótica destruição da arma – exatamente o que o comandante havia lhe prevenido.

Mas como isso foi possível?

“Mayday, mayday”, Iden gritou, incapaz de manter a voz calma enquanto mergulhava desesperadamente e tentava evitar o desastre. “Aqui é o TIE Sigma Três solicitando assistência. Repito, aqui é o TIE Sigma Três solicitando assistência, câmbio.”

Depois do humilhante roubo dos planos da Estrela da Morte e da destruição de sua estação de batalha, o Império está na defensiva. Mas não por muito tempo. Em retaliação, os soldados de elite imperial do Esquadrão Inferno são chamados para a missão crucial de se infiltrar e eliminar os partidários – a facção rebelde uma vez liderada pelo notório combatente da liberdade da República, Saw Gerrera.

Após a morte de seu líder, os partidários mantiveram seu legado extremista, determinados a frustrar o Império – não importa o custo. Agora o Esquadrão Inferno deve provar seu status como os melhores dos melhores e derrubar os partidários do lado de dentro. Mas a crescente ameaça de ser descoberto pelo inimigo transformar essa operação já perigosa em um teste “faça-ou-morra”, onde eles não podem ousar falhar.



Comentários