Comentários

De acordo com relatório exclusivo do The Hollywood Reporter, Olivia Jackson decidiu processar os produtores de “Resident Evil 6“, filme que chegou aos cinemas em 2017 e ficou marcado por um terrível acidente nas filmagens.

Jackson, que era a dublê da protagonista Milla Jovovich, perdeu um braço e chegou a entrar em coma na época.

No processo, Jackson alega que apenas uma cena de luta estava agendada para o dia do acidente, mas uma alteração de última hora exigia que ela fizesse essa sequência de moto perigosa, que envolvia acelerar em direção a uma câmera, que supostamente seria erguida por uma grua. O operador, entretanto, não levantou o equipamento a tempo.

A colisão não só retalhou o osso do antebraço de Jackson, como também cortou seu rosto, deixando os dentes expostos. Além disso, a dublê também teve costelas quebradas, lesões na coluna, e ficou em coma induzido por vários dias.

Jackson diz que os produtores a fizeram acreditar que o seguro cobriria qualquer despesa pelos danos sofridos durante as filmagens, mas só pagou US$ 33 mil do tratamento completo. Posteriormente, foi descoberto que também não existia cobertura de responsabilidade na sua reivindicação.

O processo também menciona que, alguns meses depois do acidente com Olivia Jackson, outro membro da equipe, Ricardo Cornelius, morreu esmagado por um carro durante as filmagens.

A franquia de Resident Evil arrecadou mais de US$ 1 bilhão ao redor do mundo.



Comentários