Comentários

cod-infinite-warfare_destaque

Modo Campanha

A franquia Call of Duty é uma das maiores dos games, ainda assim, ela está sempre tentando se renovar. Call of Duty: Infinite Warfare leva a série para novas direções, mais do que qualquer outro título da franquia. Quando a empresa anunciou que seguiria um caminho assim, houve muito ceticismo, mas o jogo finalmente saiu e mostrou que a empresa tomou a decisão correta.

Infinite Warfare é um jogo bonito, não é o mais incrível que existe, mas o poder técnico e o design visual são muito bons. Os personagens são feitos com muita qualidade, permitindo que as cutscenes fiquem incríveis. Existem algumas questões a pensar, como o uso repetido de certos designs, mas nada que estrague a experiência do jogo.

Call of Duty: Infinite Warfare traz uma campanha que mostra um futuro distante. A Terra expandiu seu alcance pelo sistema solar, estabelecendo colônias em vários planetas e luas. Esses lugares trabalham de forma incansável para manter a Terra funcionando. Isto faz com que surja uma organização chamada Settlement Defense Front (SDF), que deseja erradicar e subjugar a Terra. A campanha começa com uma missão contra o SDF, você faz parte da United Nations Space Alliance (UNSA). Nosso papel é controlar Nick Reyes, um dos Capitães da Aliança.

Call of Duty sempre teve boas campanhas, mas nunca foi o principal atrativo para os jogadores. O motivo é sempre o mesmo: a campanha é legal, mas não é algo imperdível. E isto se repete aqui. O problema começa com a história, que traz um conceito bem comum de bem contra o mal. o SDF é um exército malvado com uma motivação bem fraca. Falta um pouco da mistura de bem e mal nos dois lados.

O nosso planeta confia completamente no trabalho de mineração em outras colônias. A Terra é uma verdadeira utopia, guardada por seu Escudo de Ferro, sem muito conflito ou preocupação. As colônias são muito menores e com mais propósito, mostrando que as pessoas não tem muito luxo. Entretanto, nada disso é muito explorado. No SDF, vemos o Almirante Salen Kotch, interpretado por Kit Harrington (Jon Snow), que deixa claro que um lado precisa erradicar o outro para sobreviver.

Além disso, o tempo de campanha é bem curto. Caso você não faça as missões opcionais, você levará 5 a 6 horas para terminar tudo. As horas são cheias de ação, explosões e várias missões onde o destino da Terra está em jogo. Entretanto, de acordo com a história, tudo se passa dentro de um dia.

A sesação de tempo da campanha é completamente diferente, visto que existem algumas cutscenes que te informam o tempo rpesente. Mas ao olhar tudo pelo que passamos, simplesmente não casa, o que quebra a imersão da missão.

Caso você faça as missões opcionais, as coisas pioram, mas a diversão vale a pena. Essas missões são a melhor parte de Call of Duty: Infinite Warfare, trazendo objetivos mais experimentais, incluindo até stealth. É legal ver que essas missões são opcionais, pois o jogador pode escolher o que fazer.

Existem outros elementos que trazem problemas para o roteiro. Mas não há como negar que a ação é frenética como sempre. Atacar instalações e dominar território inimigo é algo muito divertido, principalmente com os itens futuristas que o jogo oferece.

No fim, o modo campanha de Call of Duty: Infinite Warfare é proveitoso, desde que você não ligue muito para o roteiro. Você sente que sabe para onde a história vai, ainda que existam algumas surpresas no caminho. Mas caso você vença esse sentimento, você terá uma boa experiência.

Modo Multiplayer

Ok, é impossível fazer um review sem falar do modo multiplayer do jogo. Neste ponto, o jogo não decepciona. Mas também não oferece muitas novidades.

Caso você tenha jogado os últimos games da franquia, você sentirá que é tudo bem familiar. As mecânicas de movimento são as mesmas de Advanced Warfare e Black Ops 3, trazendo uma experiência de controle mais suave que os games anteriores.

Os mapas são bem desenhados e oferecem uma boa variedade de desafios. O futuro proporciona alguns itens mais interessantes do que os jogos baseados no passado. Assim, temos ampas em colônias de mineração, cidades em guerra e até outros planetas. É algo que pode ser bastante apreciado pelos jogadores.

Porém a maior preocupação dos jogadores é o sistema de desbloqueio. Você pode gastar dinheiro para comprar uma caixa que poderá te trazer itens raros. Alguns podem chamar isso de “Pay to Win”, porém, não pensamos dessa forma. É preciso jogar bastante para usar os itens que vem nessas caixas. Os itens parecem legais, bem eficazes, mas tudo também pode ser conseguido através do próprio jogo, sem gastar um centavo.

Tem bastante coisa para desbloquear e você sempre encontrará maneiras de maximizar seus itens. Além disso, o jogo oferece as Mission Team, que oferecem “unlocks” únicos para seu personagem. Call of Duty: Infinite Warfare ainda é um dos melhores jogos de ação competitiva multiplayer. Não tivemos muitas mudanças, o que é bom, visto que o jogo funciona. Ele ganhou um novo modo de jogo, sem precisar se arriscar muito. Você jogará e se divertirá muito, mas ele não substituirá seus games favoritos. Ele mantém o nível de Black Ops 3.

Call of Duty: Infinite Warfare é um game de ação cheio de conteúdo. Ele tem campanha, modo multiplayer e até modo zumbi. Esses modos possuem seus defeitos e acertos, sendo o modo campanha o mais fraco. O modo multiplayer se mantém fiel às suas raízes e é um ótimo modo. O modo Zumbi é uma experiência agradável que oferece uma grande chance de jogar com seus amigos. Call of Duty: Infinite Wafare é um jogo que vale a pena.

Caso você tenha interesse, você pode encontrar o jogo, clicando aqui.



Comentários