Comentários

A Double Fine nos trouxe o mundo de Rad, uma história onde os sobreviventes de um apocalipse são deixados sem recursos e precisam percorrer o mundo para poder conseguir energia. Os anciões do acampamento enviam crianças para o mundo em busca de encontrar um substituto para a falta de fonte de energia. Mas qual o motivo de enviar crianças? Acontece que corpos jovens são capazes de utilizar as mutações que você encontra no jogo e percorrer o mundo devastado.

Rad é um jogo roguelike com câmera isométrica e com foco no combate melee. Ele segue uma estrutura bem familiar do gênero. O objetivo é chegar ao fim através da obtenção de power ups que te dão habilidades para seguir em frente. Aqui você desbloqueia novas armas e habilidades que podem ser usadas em qualquer parte do jogo. Não é algo muito diferente do que vemos em outros games, mas não deixa de ser interessante.

O principal diferencial de Rad é sua estética. Ele traz um feeling dos anos 80 com muito neon, música com sintetizador, itens como fitas e disquetes. Rad também tem modelos de personagens bem interessantes e te fará se sentir nostálgico com alguns de seus cenários.

A arma inicial também não foge do feeling dos anos 80, você começa o game com um bastão de baseball. Os inimigos podem dropar fitas que podem ser usadas em vendedores para comprar itens poderosos e artefatos. Eles podem dropar disquetes que podem ser usados para abrir caixas ou portas secretas. Eles também podem dropar itens aleatórios. Matar inimigos também te dá pontos de radiação, que te ajudam a construir novas mutações, que mudam as habilidades, forças e fraquezas de seu personagem. Existem mutações ativas e passivas.

Este sistema de mutações é o coração do jogo, é o grande ponto do game. Cada vez que você jogar, você encontrará mutações diferentes, o que te dá um grande fator replay. Usando uma combinação de mutações, você pode acessar certos pontos do mapa com mais facilidade, vencer bosses e ganhar um powerup que te levará para o próximo nível. O jogo também possui um hub que te dará uma boa razão para ir e voltar. Uma coisa bem bacana do jogo é que os NPCs começam a comentar sua aparência e mutações.

As mutações são bem divertidas e você vai querer experimentar todas. Existe uma boa curva de dificuldade que fica bem natural com este jogo. Quanto mais você joga, mais você vai querer conhecer habilidades.

Rad é um jogo moderno em termo de estrutura e mecânicas. Se você curte a estética dos anos 80, este é um jogo que vai te dominar por horas.

Nota 8010
Review | Rad


Veja também:


Comentários