Comentários

Muitas HQs diferentes e interessantes nos nossos novos reviews de hoje!


Antes de continuar: Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba ofertas diárias de Quadrinhos com desconto. Para participar, basta clicar aqui!


ALIEN, A HISTÓRIA ILUSTRADA, DE ARCHIE GOODWIN E WALT SIMONSON
Bom, não sei se é preciso falar que o filme Alien, de Ridley Scott é um clássico tanto dos filmes de terror como dos de ficção científica. Ele consegue trazer para os filmes uma atmosfera de desconfiança e de ansiedade que poucos filmes ditos de ficção científica conseguem. Mas ok, não vamos ficar falando somente do filme, mas sim dessa adaptação em quadrinhos que a Editora Excelsior trouxe para o Brasil depois de anos em que ela foi publicada aqui. Na contracapa desta publicação encontramos uma fala de Frank Miller dizendo que esta é uma das melhores adaptações feitas de um filme para os quadrinhos. Realmente, na minha opinião, ela passa este mesmo sentimento, já que consegue traduzir de forma bastante eficaz toda a atmosfera de vulnerabilidade e clima do desconhecido que o filme nos transmite. Ser feito por dois grandes nomes dos quadrinhos, um em pleno ápice dos roteiros, como é o caso de Archie Goodwin e outro logo no começo de sua carreira nos desenhos, Walter Simonson, são apenas mais dois motivos de que devemos conferir este trabalho e chegam a um veredito próximo ou diferente do de Miller.

Você pode adquirir este quadrinho, Alien, COM DESCONTO, a partir deste link.

DRAGONERO, VOL. 2: O SEGREDO DOS ALQUIMISTAS, DE LUCA ENOCH E STEFANNO VIETTI

Ah! Então agora sim puder sentir firmeza nas edições periódicas de Dragonero! Isso porque eu completamente adorei a edição de número zero, a edição especial que a Mythos trouxe da série de capa e espada da Sergio Bonelli Editore no ano passado. Mas a edição de número um da mesma série acabou me decepcionando bastante. Que ótimo, então que o volume dois, intitulado O Segredo dos Alquimistas, resgata toda essa minha empolgação com uma série que relembra divertidas campanhas de RPG (Role Playing Game) Dungeons & Dragons que jogue na minha vida durante noites a fio. Nessa edição até os personagens me pareceram mais bem trabalhados, seja nas sua próprias reações como nas relações que estabelecem com outros personagens. Também percebi que os cenários e vestimentas me pareceram muito mais bem desenhados. Outra coisa que reparei foi que o quadrinho não guarda restrição de idade, isso porque ele apresenta seios e cenas de sexo sem nenhum pudor, coisa que os quadrinhos americanos que a maioria está acostumada a ler são mais cautelosos. Tudo isso me faz querer continuar cada vez mais acompanhando Dragonero e os fumetti em geral.

Você pode adquirir o segundo volume de Dragonero clicando aqui.

RUÍNAS, DE PETER KUPER

Caramba! Como eu demorei para ler esse quadrinho! Acho que tinha ele desde 2016. Talvez o tamanho e porte dele tenha me assustado. Contudo, contrariando minhas expectativas, a leitura de Ruínas de Peter Kuper – famoso cartunista da revista MAD -, é muito fluida e muito envolvente. Esse é aquele tipo de quadrinho poderia muito bem funcionar sendo impresso somente impresso em preto e branco. Mas o autor vai mais além e faz ele todo colorido, conferindo nuances e um embelezamento, um encanto com as paisagens exóticas – só que nem tanto para nós, brasileiros. De certa forma, Ruinas lembra outro trabalho norte-americano, que é o Asterios Polyp, de David Mazzucchelli, que também foi muito elogiado pelo público e pela crítica. Uma das semelhanças entre os dois é que em ambos os personagens “falam” de uma maneira muito própria: cada um deles se expressa numa fonte tipográfica diferente e num formato e cor de balões diferentes. Tudo isso nos confere uma dinâmica muito maior ao quadrinho e uma unicidade no discurso e na maneira de falar de cada personagem sem que precise ser mudado o coloquialismo e o tom da fala. Um ótimo quadrinho!

Para adquirir Ruínas, de Peter Kuper, clique aqui.



Comentários