Comentários

Durante entrevista ao WWD, Robert Pattinson foi questionado sobre as escolhas que fez para a carreira nos últimos anos, incluindo a mais recente delas, interpretar Batman. O ator acredita que esses desafios são importantes para qualquer um, evitando uma possível zona de conforto.

“Existem muitos momentos onde você percebe qual é sua zona de conforto. E sempre que cheguei perto disso, tentei quebra-la imediatamente. Fiz coisas bem loucas nesses últimos anos, então pensei, ‘Isso está se tornando um ritmo, um hábito.‘ Precisava quebrar isso.”

Contou.

“Comecei a me questionar sobre as coisas que me deixavam com medo. Queria participar de algo assustador e perigoso. Quando me anunciaram como Batman e algumas pessoas ficaram tipo, ‘Nãaaaaaao!‘ Posso dizer que para mim foi algo do tipo, ‘Ahhhh – isso é muito bom!‘ “

Por outro lado, Pattinson admite que sempre teve uma conexão mais direta com o Homem-Morcego.

“Acredito que todos já tiveram uma roupa do Batman em algum momento da infância. E no que fui ficando mais velho, os filmes do Batman sempre pareceram aqueles mais únicos e distintos. É uma franquia que parece mais independente do resto do universo de quadrinhos. É algo mais sombrio.”

The Batman chega aos cinemas em 25 de junho de 2021, com direção de Matt Reeves (Planeta dos Macacos: O Confronto, Cloverfield: Monstro).

No elenco, temos Robert Pattinson (Bom Comportamento) como Batman, Andy Serkis (Planeta dos Macacos: A Guerra) como Alfred, Jeffrey Wright (Westworld) como Comissário Gordon, Paul Dano (Sangue Negro) como Charada, Zoë Kravitz  (Big Little Lies) como Mulher-Gato, John Turturro (The Night Of) como Carmine Falcone, e Peter Sarsgaard (Sete Homens e um Destino).



Comentários