Comentários

Na semana passada, foi noticiado que a nova HQ do escritor Mark Russell e do artista Richard Pace, Second Coming, não seria mais publicada pelo selo Vertigo, da DC Comics. Agora, Russell revelou detalhes adicionais sobre o cancelamento, incluindo as mudanças que a DC queria fazer no projeto, as quais ele e Pace não estavam confortáveis.


Antes de continuar: Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba ofertas diárias de Quadrinhos com desconto. Para participar, basta clicar aqui!


Russell disse ao HuffPost que as mudanças solicitadas eram para remover palavrões e uma cena de nudez envolvendo Adão no Jardim do Éden. Além disso, Russell foi informado de que mudanças ainda maiores viriam no futuro, e a data de lançamento seria adiada para uma “data não especificada”.

“A DC estava solicitando essas mudanças [sobre profanação e nudez] antes que a FOX News colocasse a máquina de indignação em movimento, por isso é difícil especular qual impacto sua campanha teve sobre qualquer tomada de decisão da DC. Embora eu ache que encontrar 200.000 e-mails gerados automaticamente na sua caixa de entrada não seja muito agradável.”

O anúncio de Second Coming recebeu muita atenção, especialmente na Fox News e em sites conservadores e cristãos. Uma petição foi criada pedindo à DC que cancelasse a série, ganhando mais de 230.000 assinaturas.

“Testemunhe o retorno de Jesus Cristo, como Ele é enviado em uma missão santíssima por Deus para aprender o que é preciso para ser o verdadeiro messias da humanidade, tornando-se companheiro de quarto do salvador favorito do mundo: o todo-poderoso super-herói Sun-Man, Último filho de Krispex! Mas quando Cristo volta à Terra, ele fica chocado ao descobrir o que aconteceu com o seu evangelho – e agora, ele quer esclarecer as coisas.”



Comentários