Comentários

Todo Mundo Quase Morto pode ser uma das comédias mais aclamadas da década passada, mas você provavelmente jamais verá uma continuação dela. Em entrevista à Entertainment WeeklySimon Pegg, que estrelou e co-escreveu o filme de 2004, descartou a possibilidade de uma sequência, mas disse que já teve algumas ideias sobre como fazê-la.

“Escrevi, brincando, um roteiro de From Dusk Till Shaun, que era uma sequência de Todo Mundo Quase Morto. Era sobre Shaun e Ed terem que ir até Edimburgo, ou coisa assim. Era ridículo. Uma piada. Não tinha um tom sério. Edgar achou que seria divertido usar vampiros, mas acabou sendo apenas uma conversa de bar.”

O próprio diretor Edgar Wright relembra que queria fazer uma continuação, mas sem zumbis.

“Tivemos uma ideia, com a qual nos divertimos por 72 horas, na qual pensava em fazer uma sequência em uma realidade alternativa. Era basicamente o mesmo filme, mas sem zumbis. Só que essas coisas levam três anos, então precisa ser algo completamente diferente.”

O cineasta e os atores Simon Pegg e Nick Frost se reuniram mais uma vez em Chumbo Grosso e Heróis de Ressaca, que concluíram uma trilogia iniciada em Todo Mundo Quase Morto mesmo sem que os filmes fizessem parte do mesmo universo.

“Enviei algumas mensagens de texto ao Simon hoje. Se fizéssemos outra coisa, acho que seria algo novo, sem fazer parte da trilogia já existente. É sobre algo que queremos fazer ao invés de algo que devemos fazer, sabe? Os três filmes que fizemos provêm de diferentes pontos de paixão. É só questão de tempo para descobrir o que fazer e ir para o escritório escrever, mas gostaria de trabalhar com eles novamente, com certeza. São melhores amigos e colaboradores.”

Com baixo orçamento, Todo Mundo Quase Morto arrecadou aproximadamente US$ 30 milhões em bilheterias mundiais, sendo o grande responsável por lançar Edgar Wright ao estrelato. Alguns anos depois, ele foi contratado pelo Marvel Studios para dirigir e escrever Homem-Formiga, mas acabou abandonando ambos os cargos após desentendimentos criativos com Kevin Feige.



Comentários