Comentários

Um relatório exclusivo do Deadline revelou ontem que Marvel Studios e Sony Pictures encerraram oficialmente a parceria envolvendo Homem-Aranha.

O site disse que essa decisão aconteceu por conta de uma renegociação dos termos. A Disney exigiu 50% dos lucros da franquia, além da utilização de personagens como Venom, Carnificina, Gata Negra no Universo Cinematográfico Marvel. No acordo original, a Disney leva apenas 5% dos lucros.

Nenhuma das partes havia se pronunciado publicamente até então mas agora, um representante da Sony conversou com o ComicBook e falou sobre o que aconteceu.

“Muitas das notícias de hoje sobre o Homem-Aranha descaracterizaram discussões recentes sobre o envolvimento de Kevin Feige na franquia. Estamos desapontados, mas respeitamos a decisão da Disney de não deixá-lo continuar como produtor principal de nosso próximo filme do Homem-Aranha.

Esperamos que isso mude no futuro, mas entendamos que as muitas novas responsabilidades que a Disney lhe deu – incluindo todas as propriedades recém adquiridas pela Marvel – não permitem que ele trabalhe em propriedades que não possuem. Kevin é fantástico e somos gratos por sua ajuda e orientação e apreciamos o caminho que ele ajudou a seguir, e que continuaremos.”

Homem-Aranha agora continuará sua jornada nas telonas enfrentando Venom, Morbius e outros vilões da Sony. Dois novos filmes já estão em desenvolvimento, e Tom Holland está confirmado no papel principal.



Comentários