Comentários

Em entrevista ao podcast Happy Sad Confused, o apresentador Josh Horowitz pediu que o diretor Quentin Tarantino esclarecesse em que linha temporal o seu filme de Star Trek irá se passar.

De acordo com o cineasta, será na “Kelvin Timeline”, a mesma do reboot de J.J. Abrams. Porém, ele pretende ignorar tudo que não gostou e fazer do seu jeito.

Eu não sei o quanto posso dizer. A única coisa que posso dizer é que se passa na linha temporal de Chris Pine.

Agora, eu não sei se entendi muito bem, e J.J. [Abrams] não conseguiu me explicar. Meu editor também tentou me explicar e ainda não entendi… sobre algo que aconteceu no primeiro filme e meio que limpou a lousa. Não compro isso. Não gosto disso. Não aprecio isso.

Foda-se isso. Eu quero que toda a série tenha acontecido. Benedict Cumberbath, ou qualquer que seja o seu nome, ele não é Khan, ok? Khan é Khan. Eu disse a J.J.: ‘Não gosto disso. Não entendo isso.’ E ele me disse: ‘Ignore! Ninguém gostou. Nem eu entendo isso. Apenas faça o que quiser. Se você quer que as coisas sejam da mesma maneira que na série, é possível.”

A razão pela qual Tarantino ama Star Trek é por causa do desempenho de William Shatner como o Capitão James T. Kirk. E é a capacidade de Chris Pine de canalizar Shatner como Kirk nos novos filmes que atraíram Tarantino para a franquia.

A razão pela qual eu fiquei realmente intrigado com a versão de J.J. Abrams é porque eu achei que Chris Pine fez um trabalho fantástico não apenas com o Capitão Kirk, mas com o capitão de William Shatner – ele é William Shatner. Ele não é apenas outro cara, ele é o Capitão Kirk de William Shatner. E Zachary Quinto é literalmente Leonard Nimoy. Esses dois arrebentam. Eles são demais.”

O Star Trek de Quentin Tarantino ainda não possui data de início de produção.

 



Comentários