Comentários

Ex-CEO da Disney, Michael Eisner criticou “Star Wars: A Ascensão Skywalker” nas redes sociais. O executivo acredita que faltou emoção na produção, e ainda citou “The Mandalorian” como exemplo positivo.

“A Ascensão Skywalker é um filme aceitável, com muita história e fã service, mas de alguma forma, sem emoção. Enquanto isso, The Mandalorian estabeleceu Jon Favreau como o novo George Lucas, algo que o próprio Bob Iger disse recentemente.”

Nos comentários da publicação, Eisner estendeu sua opinião para a jornada de Rey na trama.

“Daisy Ridley interpretou Rey neste filme com apenas uma expressão: temor/medo. É praticamente isso até a cena final quando ela revela seu nome. Foi isso que quis dizer de um filme que, de alguma forma, sofreu com falta de emoção.”

A Lucasfilm e o diretor J.J. Abrams unem forças mais uma vez para levar os espectadores a uma jornada épica para uma galáxia muito, muito distante com Star Wars: A Ascensão Skywalker, a conclusão fascinante da seminal saga Skywalker, onde novas lendas nascerão e a batalha final pela liberdade está chegando.”

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em cartaz nos cinemas e conta com os retornos dos veteranos Mark HamillCarrie Fisher (que terá imagens de arquivo utilizadas), Billy Dee Williams e Anthony Daniels.

Já no caso dos nomes mais recentes, Daisy RidleyJohn BoyegaOscar IsaacAdam Driver, e Keri Russell também estão confirmados.

J.J. Abrams (Star Wars: O Despertar da Força) retorna na direção.



Comentários