Comentários

As indicações ao Oscar 2020 foram divulgadas esta semana e, como se tornou uma tendência, muitos cinéfilos, membros da indústria e entusiastas de cinema reclamaram da falta de diversidade no grupo de indicados.

E quem resolveu dar a sua opinião foi o escritor Stephen King, que é membro votante da Academia. Ele decidiu encarar a fronteira selvagem do Twitter e refletir sobre o tema. Desnecessário dizer que agora ele faz parte do olho do furacão.

“Como escritor, posso votar em apenas 3 categorias: Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Roteiro Original. Para mim, a questão da diversidade – que se aplica a atores e diretores individualmente – não surgiu. Dito isso…

…Eu nunca consideraria diversidade em questão de arte. Somente qualidade. Me parece errado fazer o contrário.

O mais importante que podemos fazer como artistas e pessoas criativas é garantir que todos tenham as mesmas chances, independente de sexo, cor ou orientação. No momento, essas pessoas estão mal representadas, e não apenas nas artes.”

Obviamente, King foi atacado. Porém, muitos seguidores observaram que o escritor tem um ponto válido e foi mal interpretado. Qual a sua opinião?



Comentários