Comentários

De acordo com o Collider, o novo filme de Christopher Nolan, Tenet, custou mais de US$ 200 milhões – sem campanha de marketing incluída.

Esse é o filme mais caro da carreira do cineasta – até então que detinha esse título era A Origem, com Leonardo DiCaprio, que custou US$ 160 milhões.

Nolan é, obviamente, um dos poucos cineastas no planeta que conseguem ter um orçamento tão grande em um projeto que não se baseia em uma nenhuma propriedade intelectual popular – e portanto, com garantia de retorno financeiro.

Tenet chega aos cinemas em 17 de julho de 2020, e se trata do primeiro trabalho do diretor após o drama de guerra, “Dunkirk“, que arrecadou US$ 526 milhões em bilheteria mundial. Também rendeu a Nolan sua primeira indicação ao Oscar.

No elenco, já foram anunciados Aaron Taylor-Johnson (Animais Noturnos), Kenneth Branagh (Dunkirk), Clémence Poésy (Harry Potter e o Cálice de Fogo), Michael Caine (A Origem), John David Washington (Infilftrado na Klan), Elizabeth Debicki (As Viúvas) e Robert Pattinson (Bom Comportamento).



Comentários