Comentários

Durante entrevista ao Metro UK, Henry Cavill comentou sobre as dificuldades que teve para gravar “The Witcher” com lentes de contato. O ator poderia ter sua visão prejudicada pelo longo tempo de uso, e por isso, contratou uma oftalmologista para acompanha-lo na produção.

“Minha oftalmologista disse que só podia usar as lentes três horas por dia. O problema não é ficar com os olhos secos, mas os olhos são a única parte do corpo que recebe oxigênio pelo ar. Então, se você os deixa cobertos por muito tempo, você não está recebendo oxigênio e, depois de um grande período, isso pode prejudicar os seus olhos.”

Cavill, inclusive, acreditava que a oftalmologista estava sendo “dramática demais” ao dizer que ele poderia até ficar cego caso não utilizasse as lentes com moderação.

“Ela sempre dizia, ‘Não ligo o que você precisa filmar. Tire as malditas lentes de contato, porque você vai ficar cego se continuar assim.’ Houve um momento em que ela me encontrou escondido em um canto escuro, porque tudo estava muito claro. Eu disse que estava bem, mas ela disse que as gravações não iriam continuar até eu tirar as lentes.”

The Witcher gira em torno do bruxo Geralt (Henry Cavill), um caçador de monstros que se livra de enormes pestes por um bom dinheiro. Mutante, ele luta para encontrar seu lugar em um mundo no qual as pessoas frequentemente se mostram mais cruéis do que as criaturas que ele enfrenta. O bruxo também tem uma filha adotiva, a Ciri (Freya Allan), personagem importante nos livros e jogos que também atua como uma guerreira e feiticeira.

Andrzej Sapkowski, autor das obras originais, vai atuar como consultor de roteiro. Tomasz Bagiński, que dirigiu os vídeos de apresentação dos três jogos da série de videogames, vai dirigir pelo menos um episódio da temporada de estreia.



Comentários