Comentários

Em entrevista à revista Première, a produtora da série The Witcher da Netflix, Lauren Hissrich explicou que evitou ao máximo o uso de CGI na produção.

É importante que a série tenha um estilo autêntico. Um game excelente já existe, então eu realmente não queria que nossa série se parecesse com um game.”

O designer de produção Andrew Laws também deu seu ponto de vista sobre isso:

Não quero ver o ator interpretando na frente de um fundo verde, conversando com uma bola verde. Queremos algo real, mesmo nas sequências de luta. Além disso, se você criar CGI excelente em uma cena, precisará manter o mesmo nível de qualidade para todas as outras”.

A trama de The Witcher gira em torno do bruxo Geralt (Henry Cavill), um caçador de monstros que se livra de enormes pestes por um bom dinheiro. Mutante, ele luta para encontrar seu lugar em um mundo no qual as pessoas frequentemente se mostram mais cruéis do que as criaturas que ele enfrenta. O bruxo também tem uma filha adotiva, a Ciri, personagem importante nos livros e jogos que também atua como uma guerreira e feiticeira.

Andrzej Sapkowski, autor das obras originais, vai atuar como consultor de roteiro. Tomasz Bagiński, que dirigiu os vídeos de apresentação dos três jogos da série de videogames, vai dirigir pelo menos um episódio da temporada de estreia.

The Witcher estreia na Netflix ainda neste ano.



Comentários