Comentários

Descubra quem, em nossa humilde opinião, foram os maiores guias das equipes mutantes.


Antes de continuar: Participe do nosso grupo de Whatsapp e receba ofertas diárias de Quadrinhos com desconto. Para participar, basta clicar aqui!


5. CABLE



Nathan “Dayspring” Christopher Summers, o Cable foi conduzido ao futuro porque lá ele seria treinado para se tornar aquilo que as profecias diziam que ele deveria ser: um messias da raça mutante. Mas na verdade a coisa não saiu tão bem como se esperava. Esses revezes, contudo, não o desviaram de sua missão: derrotar o déspota Apocalipse. Por isso, ele voltou no tempo e foi combater a raiz do seu problema no presente. Assim, ao encontrar os Novos Mutantes, logo Cable transformou a equipe de jovens heróis em uma milícia da espécie superior, a X-Force.

4. MAGNETO
Espera aí! Magneto não é o grande vilão dessa história. Ele é somente uma forma de ver a história dos mutantes. Muitos dirão por aí “Magneto Estava Certo”. E , talvez, ele estivesse mesmo. Se não fosse por isso, o próprio Professor Charles Xavier não teria conferido à ele o título de diretor da Escola Xavier Para Jovens Superdotados, logo depois da partida do Professor X para o espaço e do Julgamento de Magneto em Paris. Assim, logo Magneto estava atuando com líder não só dos X-Men, como dos Novos Mutantes e ainda era o rei Branco do Clube do Inferno. Eita workaholick, esse Magnus!

3. CICLOPE
Ele é considerado o primeiro x-man e o descendente direto de Charles Xavier. Ciclope é tido como um cara frio e calculista e que nos últimos anos os roteiristas haviam transformado ele em um personagem inda mais frio e mais calculista e insuportável. A verdade é que Ciclope nem sempre foi bundão assim. Ele sempre foi um amigo dedicado e alguém em que se pode confiar. Muitos roteiristas o viam de outra maneira, tanto é que Brian Michael Bendis o transformou em um revolucionário. Muitos também poderão dizer “Ciclope Estava Certo”, mas somente a História poderá comprovar.

2. TEMPESTADE
Garanto que você deve estar se perguntando por que razão acabou que a Tempestade ficou num lugar de maior destaque que o Ciclope. Digamos que a estrada para Ororo Monroe foi mais difícil que para Scott Summers para se provar digna da liderança de uma equipe de X-Men. Isso porque Tempestade é mulher, o que tira seus percentuais de sucesso em pelo menos 50% em relação ao Ciclope. Ela também é negra, o que a desprivilegia perante aos que concedem poder também em pelo menos 25% em relação a Ciclope. Por fim, ela vinha de uma cultura totalmente díspar da dos Estados Unidos, o que a tornava uma outsider. Então que chances ela tinha de se destacar! Praticamente nenhuma! Mas ela foi lá! Foi lá e fez!

1. PROFESSOR X


Ah, eu sei que você estava esperando a Jubileu em primeiro lugar, mas o óbvio às vezes também tem que ser dito! Se não fosse pelo sonho – mesquinho ou não – de Charles Francis Xavier, o Professor X, de coexistência pacífica entre humanos e mutantes, não haveria X-Men e nenhum dos líderes que foram promulgados nesta lista. Xavier também foi um homem que teve o seu destino negado duas vezes: primeiro por se descobrir um mutante e, posteriormente ter suas pernas esmagadas pelo alienígena Lúcifer, que o deixou paraplégicos. Ele teria poucas chances de se tornar um líder. Mas acabou se tornando o maior de todos os líderes mutantes.

0. MENÇÃO HONROSA E UMA EXPLICAÇÃO: WOLVERINE
Alguns devem estar se exclamando: Que! Quero Wolverine! Já! Calma, meu amiguinho! Vou explicar para você porque ele ganhou apenas a menção honrosa. Nas histórias escritas por Chris Claremont, Logan odiava ter que dar conta da liderança da equipe. Mesmo na X-Force ou ainda em Wolverine e os X-Men, notava-se que os demais estavam empurrando o papel de liderança à contragosto de Logan, porque era sempre ele quem tomava à frente nos conflitos. Na verdade o que ele gostava mesmo é de reclamar, xingar e brigar e não de liderar. Mas quem lidera sabe que tem de fazer esse tipo de coisas, às vezes também. E o nanico marrento acabou tomando esse papel para si.



Comentários