Comentários

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely revelaram que inicialmente não sabiam o que fazer com Thanos em Vingadores: Ultimato, até que um produtor fez com que tivessem a ideia de matá-lo nos primeiros minutos de filme.


“Thanos é onipotente. Ele é onisciente. É ridículo quanto poder ele tem. Então, por boas três semanas, estávamos tentando descobrir o que fazer com esse personagem no segundo filme, com tanto poder. Em certo ponto, acho que Trinh Tran, nosso produtor executivo, estava frustrado e disse: ‘Deus, eu realmente gostaria que pudéssemos simplesmente matá-lo.’ Todos nós ficamos: “Peraí, calma. O que isso quer dizer? Isso é interessante.’ É algo absolutamente dentro do personagem dele.”


O grave curso de eventos gerados quando Thanos eliminou metade do universo e fraturou as fileiras dos Vingadores leva os heróis restantes a tentarem um último movimento na grande conclusão da Marvel Studios de vinte e dois filmes, Vingadores: Ultimato.”

Vingadores: Ultimato serve como conclusão dos 10 anos de narrativa do Universo Cinematográfico Marvel, dando continuidade aos eventos vistos em “Guerra Infinita”.

O filme conta novamente com direção dos irmãos Anthony e Joe Russo, e já está em cartaz nos cinemas.

Aproveite para adquirir Desafio Infinito com desconto na Amazon. A HQ serviu como grande inspiração para a Saga do Infinito do Universo Marvel nas telonas



Comentários